A AdRA – Águas da Região de Aveiro acusa os vendedores de sistemas de purificação de água de andarem a fazer falsas análises à água para vender filtros e purificadores de água.
A AdRA apelida estes indivíduos de “impostores” e diz que “os testes à qualidade da água que os vendedores de filtros e purificadores se prestam para fazer à água na casa dos nossos clientes, não têm qualquer validade, não passando de meras artimanhas no sentido de levar as pessoas, por receios infundados,  a comprarem os produtos que comercializam”.
A empresa garante que “a água fornecida pela AdRA tem qualidade, sendo própria para consumo humano e corresponde aos mais exigentes padrões de qualidade estabelecidos para o consumo humano”.
“As análises à qualidade da água têm, obrigatoriamente, de ser efetuadas por laboratórios devidamente acreditados para o efeito, obedecendo a um conjunto de regras e procedimentos legalmente estabelecidos”, pelo que “as supostas análises feitas pelos vendedores não são válidas”.
No mesmo comunicado, a empresa sublinha ainda que “os colaboradores da AdRA se encontram, devidamente,  fardados e identificados com cartão de identificação da empresa”
Para mais informações sobre a qualidade da água, os interessados podem consultar o site da AdRA no separador “Qualidade da Água” (www.adra.pt), ou ler a publicação trimestral dos resultados na imprensa regional.