É oficial. O município de Anadia entrou para o Guinness World Records com o “maior brinde de espumante em cadeia do mundo” realizado no âmbito da 10.ª edição da Feira da Vinha e do Vinho de Anadia, em junho de 2013.
Na última reunião de executivo, a presidente de Câmara, Teresa Cardoso, exibiu o diploma que vai ser emoldurado e exposto no Museu do Vinho, por ser o “espaço adequado para receber este diploma”, disse.
Aos vereadores e jornalistas presentes na sessão, a autarca de Anadia recordou que a ação “teve como objetivo contribuir para a promoção da marca Anadia, Capital do Espumante, e, simultaneamente, apoiar os produtores locais na expansão do espumante Bairrada”, dando ainda a conhecer a intenção de fazer um agradecimento público à Comissão Vitivinícola da Bairrada, ao Moita Rugby Clube da Bairrada, à GNR de Anadia, aos Bombeiros Voluntários de Anadia e a todos os 1600 cidadãos anónimos que se inscreveram e tomaram parte na iniciativa.
Assim, o certame de 2013 fica para a história, uma vez que Anadia conseguiu bater o recorde do Guinness, realizando o maior brinde de espumante (Bairrada) em cadeia do mundo, com a participação de 1600 pessoas (o anterior recorde pertencia ao Japão, com 886 pessoas a brindar).
Contudo, segundo Teresa Cardoso, só foram validados, pelo júri do Guinness, 1233 pessoas (devido ao incumprimento de algumas regras previamente estabelecidas), mesmo assim, mais do que suficiente para entrar no livro de recordes.
O recorde foi batido no segundo dia da Feira da Vinha e do Vinho, durante a emissão do “Portugal em Festa”, da SIC, que levou muitos milhares de pessoas ao recinto.
Recorde-se que, na altura, os primeiros a brindar foram o então presidente e a vice-presidente da Câmara Municipal de Anadia, respetivamente Litério Marques e Teresa Cardoso.
Agora, a edil confessa que “sem esta gente não era possível alcançar este recorde”, razão que vai levar o município a inscrever o seu recorde no Livro Oficial do Guinness.

Catarina Cerca