O leitão faz as honras da casa, até domingo, dia 7, na 21.ª edição da Festa do Leitão à Bairrada e 17.ª Mostra de Artesanato e Gastronomia de Águeda.

Olívia Passos, presidente da Associação Comercial de Águeda (ACOAG), entidade organizadora, mostrou-se, ontem, quarta-feira, dia 3, durante a inauguração, convicta do sucesso da feira, lamentando apenas o curto espaço de tempo que a ACOAG teve para organizar o certame, já que esta direção tomou posse em fevereiro deste ano.

Olívia Passos encarou a presença da ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, como um sinal de reconhecimento do evento.

Esta dirigente agradeceu a colaboração da Câmara, “cuja sua participação não se traduz só em dinheiro, mas também em logística”.

Ao contrário do que tem acontecido, ao longo do historial da Festa do Leitão, Olívia Passos clarificou que que não iria pedir nada ao governo a não ser que “a ministra chegue lá abaixo e diga que foi ao certame e que tem um leitão ótimo”. “Não gosto de pedir nada em termos do governo. Nadinha”, reforçou.

Já o presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, começou por recordar a sua ligação ao início do certame. “Já passaram 21 anos e o certame tem vindo a granjear o espaço e a fama”.
Gil Nadais mostrou-se disponível para trabalhar em parceria com a ACOAG no sentido de aumentar a área do certame na próxima edição.

A ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, referiu que Portugal tem “belíssimos produtos diferenciados”, afirmando que os portugueses têm muito a ganhar na valorização dos produtos nacionais, acrescentando que “os portugueses andaram deslumbrados com tudo aquilo que vinha de fora e que era novidade e, talvez, não tivessem valorizado aquilo que era próprio da nossa terra”.

“ Hoje, todos nós portugueses valorizamos cada vez mais o que tem a ver com as nossas tradições, com a nossa gastronomia e com as nossas receitas e o leitão é um exemplo claro disso”, disse Assunção Cristas.
A ministra desafiou ainda os portugueses a inovar e a criar novas tradições, alegando que “daqui a muitos anos as tradições que hoje se criam darão cartas seguramente”.

Quanto ao cartaz musical, para esta quinta-feira, dia 4, atuam os Blind Zero; sexta-feira, dia 5, Deolinda; sábado, dia 6, Boss AC, espetáculo piro-musical e Dj’s The Fucking Bastards; e no último dia, domingo, Portugal em Festa (programa da SIC, com seis horas de emissão em direto) e uma SunSet Party com vários Dj’s.

O certame aguedense terá cinco restaurantes presentes, mantendo-se o preço por dose de leitão nos 12,50 euros. E uma vez mais, esta que é a iguaria maior da região será acompanhada pela excelência dos vinhos e espumante das Caves São João.

Este ano, conforme vem sendo habitual, as novidades gastronómicas são de comer e chorar por mais. Novamente confecionadas pela Padaria Pastelaria Trigal, são inspiradas no próprio certame: o semi-folhado com formato e recheio de leitão e o folhado em formato de garrafa de espumante, mas com recheio de doce de ovos, prometem fazer a delícia dos comensais.