A população da freguesia do Luso está a intensificar os protestos contra a empresa Alcides Branco e Companhia SA e desta vez decidiu utilizar a rede social Facebook onde criou uma página denominada ”Baganha Basta”, que desde o passado dia 11 já ultrapassou as 400 adesões. Esta é a mais recente forma para se queixarem do mau cheiro e do fumo que se fazem sentir naquela zona.
O braço de ferro entre a população e aquela empresa de refinação de óleos e gorduras dura já há vários anos e tem sido motivo de várias ações populares, desde abaixo-assinados a manifestações junto à empresa, a última das quais em novembro de 2007, com a presença maciça da população.
Agora, na tentativa de fazer chegar o protesto mais longe, os lusenses, assim como habitantes de outras localidades do concelho, criaram este espaço virtual para mostrar desagrado em relação ao assunto, colocando fotos pessoais com uma máscara anti-poluição, que aproveitam para foto de perfil naquela rede social. Também nesta página, os fãs da mesma colocam informações sobre os desenvolvimentos desta “luta”, assim como queixas e outras iniciativas do género feitas às entidades policiais e outras fiscalizadoras com jurisdição na matéria.

João Paulo Teles

Leia toda a reportagem na edição impressa ou digital do JB de 18/09/2014