A 19.ª edição da Exposição de Aves Canoras e Ornamentais do COBL (Centro Ornitológico da Beira Litoral), vulgarmente conhecida por Expo-Ave, realiza-se de 30 de outubro a 2 de novembro, no Espaço Inovação, em Vila Verde, Oliveira do Bairro.
A grande quantidade de espécies de aves (mais de 1000) e animais e o bom ambiente em torno da bicharada são sempre fatores de atração do público. Os infantários, escolas e instituições da 3.ª idade podem visitar, gratuitamente, a Expo-Ave no dia 31 de outubro, sexta-feira.

Novidades. José Carvalho, presidente do COBL, mantendo algum secretismo, refere que, “este ano, as novidades vão ser muitas. Aliás, como já é habitual todos os anos, mas não vou divulgar porque será surpresa”. “Esta Expo-Ave vai ser muito superior aos outros anos, dado ser uma referência a nível nacional”, garante, acrescentando que, “numa altura em que ainda não fecharam as inscrições, já temos mil aves só a concurso”. Ou seja, “de longe que vamos superar o número de inscrições do ano passado. Vamos, neste momento com 60 expositores”.

Notoriedade. José Carvalho diz sentir que a Expo-Ave atingiu um patamar de grande notoriedade, pois “é a exposição com maior palmarés a nível nacional, daí termos expositores de todo o país e visitas de muitos criadores espanhóis”.
Relativamente ao impacto que a crise económica tem tido no comportamento do comprador e do produtor de aves, este dirigente associativo explica que “nós criamos aves com uma finalidade desportiva e não económica”. No entanto, “em todo o país, muitos criadores, com muita tristeza e mágoa, abandonaram a criação, porque economicamente não tinham possibilidades de alimentar as aves”.

Leia mais na versão digital do seu JB.