Assinar
Águeda // Anadia // Bairrada // Cantanhede // Mealhada // Oliveira do Bairro  

Região: “Encontro com o Vinho e Sabores” de 30 de setembro a 2 de outubro

Setembro e outubro são meses de eleição na nossa Bairrada. É tempo de vindimas e a azáfama e euforia tomam conta dos que se dedicam a esta atividade. É tempo de celebrar, reunindo o que de melhor há na região. Para dar corpo a esta máxima, realiza-se pelo quarto ano consecutivo o “Encontro com o Vinho e Sabores Bairrada” (EVSB), um evento que promove os néctares e a gastronomia, mas também a oferta turística.
O evento realiza-se de 30 de setembro a 2 de outubro no Velódromo Nacional – Centro de Alto Rendimento de Sangalhos, numa organização conjunta da Comissão Vitivinícola da Bairrada, do Município de Anadia e do Turismo do Centro de Portugal, com produção da Revista de Vinhos e apoio da Rota da Bairrada, Instituto da Vinha e do Vinho, ViniPortugal, entre outras entidades.

Mesmo formato. O sucesso das edições anteriores dita que o formato se mantenha: feira de vinhos e sabores ao longo dos três dias do evento, três provas de vinhos comentadas por críticos da Revista de Vinhos (uma por dia), dois jantares temáticos e a edição de 2016 do “Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada”.
“Bairrada – Três Vindimas de Excelência: 1991, 2001 e 2011” dá mote à tão entusiasta e marcante prova com que Luís Ramos Lopes, crítico de vinhos e director editorial da Revista de Vinhos, vai brindar aos enófilos que se inscreverem na prova que vai ter lugar no sábado, no Museu do Vinho Bairrada.
A primeira prova acontece na sexta-feira; com o nome “Bairrada Blend”, comporta vinhos brancos e tintos que misturam castas clássicas com outras menos tradicionais, mantendo o forte caráter da região. A de domingo é dedicada aos “Espumantes de Baga”, onde se incluem os novos Baga@Bairrada.
Tendo como palco o restaurante do espaço onde se realiza o EVSB, o leitão da Bairrada volta a ser rei à mesa do jantar temático “Sabores da Terra”, que este ano vai ser servido pela equipa da Nova Casa dos Leitões. No sábado, o bacalhau dá mote ao jantar “Sabores do Mar”, sendo confecionado com a mestria criativa da cozinha do Salpoente.
A entrada no evento é livre, sendo que, para as provas, é necessário adquirir um copo e bolsa, por 3 euros (2 euros a quem apresente convite devidamente preenchido). As Provas Comentadas ficam por 10 euros sexta-feira e domingo; e 20 euros para a de sábado.
O preço dos Jantares Temáticos é de 35 euros, com vinhos incluídos.
O Encontro com o Vinho e Sabores abre às 17h na sexta-feira e encerra às 22h; sábado, das 15h às 22h, e domingo, entre as 15h e as 20h.

PROGRAMA
Sexta-feira, 30 set.
17h – Inauguração
18h – Prova “Bairrada Blend”, por crítico de vinhos da Revista de Vinhos
19h30 – Entrega de Prémios do ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada 2016’
20h – Jantar Temático “Sabores da Terra”, por Nova Casa dos Leitões (no restaurante do EVSB)
22h – Encerramento
Sábado, 1 out.
15h – Abertura
18h – Prova “Bairrada – Três Vindimas de Excelência: 1991, 2001 e 2011, por Luís Lopes (no Museu do Vinho Bairrada)
20h – Jantar Temático “Sabores do Mar”, por Salpoente (no restaurante do EVSB)
22h – Encerramento
Domingo, 2 out.
15h – Abertura da Feira
15h30 – Prova “Espumantes de Baga”, por crítico de vinhos da Revista de Vinhos
20h – Encerramento do EVSB

Encontro com o Vinho e Sabores: já vai na 4.ª edição

O “Encontro com o Vinho e Sabores Bairrada” teve a sua primeira edição em 2013.
A iniciativa surgiu de uma vontade conjunta de promover o que de melhor a região tem, capitalizando para (re)afirmar a identidade Bairrada através da promoção dos seus produtos mais emblemáticos, como sejam os vinhos e espumantes Bairrada – com certificação de Denominação de Origem –, mas também a sua gastronomia ímpar, com destaque para o leitão da Bairrada, o pão da Mealhada e a sua riquíssima doçaria regional: ovos moles de Aveiro, Amores da Curia, queijadas de Águeda, Folar de Vale de Ílhavo, entre outras iguarias.
Este é um evento capaz de atrair milhares de visitantes e que pretende valorizar a imagem da região numa oferta turística integrada onde as valências de enoturismo, do turismo termal, hotelaria e restauração constituem um fator dinamizador.