Foto. Correio da Manhã / Direitos Reservados

Foto. Correio da Manhã / Direitos Reservados

Uma mulher, de 45 anos, morreu afogada num riacho, na última sexta-feira de 2016, dia 30 de dezembro, na sequência de um despiste, entre Aguada de Baixo e Oliveira do Bairro.
Maria Isabel Martins, de 45 anos, regressava de casa de uma amiga e estava a 500 metros da sua habitação, na Murta.
Maria Isabel Martins, casada com Paulo Jorge da Conceição Abrantes e mãe de João Filipe Martins Abrantes e Celina Maria Martins Abrantes, seguia de motociclo quando se despistou e foi projetada cerca de metro e meio, caindo num pequeno riacho. “A mulher ficou com a cara para baixo e morreu afogada, apesar de o riacho ter apenas uns 60 centímetros de água”, referiu uma fonte dos bombeiros. O alerta foi dado por volta das 21h, por populares que viram o veículo caído. Para o local foram acionados meios do INEM, dos bombeiros de Águeda e de Oliveira do Bairro, para além da GNR. A mulher foi retirada já sem vida do riacho e o seu corpo transportado ao hospital de Águeda.
O funeral de Maria Isabel realizou-se na última terça-feira, dia 3.
Acrescente-se que a GNR, através do Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação (NICAV), esteve no local a efetuar a apurar o que terá estado na origem do acidente.