O Colégio Salesiano de Mogofores esteve em festa no último sábado, dia 28 de janeiro, com a inauguração da reabilitação do pavilhão desportivo que, há muito, acusava o peso da idade, sem sofrer obras de beneficiação desta envergadura.
Maratona Desportiva 8H Non Stop foi a designação escolhida pelo departamento de Educação Física do colégio, liderado pelo professor Diogo Simões, para celebrar a reconstrução do novo pavilhão desportivo.
Assim, num desafio à prática de atividade física, o colégio abriu as portas a toda a comunidade para uma maratona desportiva. Foram oito horas de pura festa, num ambiente fantástico de alegria e diversão.
Tendo como padrinho do evento, o futebolista Pedro Roma e madrinha a basquetebolista internacional Ticha Penicheiro, por esta maratona desportiva passaram, ao longo do dia mais de cinco centenas de participantes que puderam deliciar-se com as inúmeras atividades desportivas, a cargo de um grupo de amigos e parceiros que abraçaram a iniciativa.
De resto, Diogo Simões explica que na sequência das obras “decidimos avançar para a realização de um evento aberto a toda a população celebrando a abertura do renovado pavilhão desportivo”, até porque “os Salesianos de Mogofores sempre se pautaram por conferir grande destaque também à área desportiva, motivando as crianças e jovens a participar em diversas atividades de Desporto Escolar e proporcionadas pela nossa Fundação, através da realização anual dos Jogos Nacionais Salesianos, que reúnem mais de 1500 participantes.” Por isso, faz um balanço muito positivo do evento que superou todas as expetativas. “Para além das cerca de 500 pessoas que tiveram a oportunidade de fazer atividade física, foram muitos aqueles que nos acompanharam ao longo do dia através do canal Youtube em livestreaming. Tendo em conta o feedback positivo que nos tem chegado por parte de estudantes, encarregados de educação e comunidade em geral, pretendemos dar continuidade a atividades deste âmbito. Desta forma podemos divulgar o nosso projeto educativo, a estrutura Artisport responsável pela dinamização de atividades de enriquecimento curricular, bem como, oferecer às famílias um conjunto de experiências diferentes e em áreas distintas.”

Investimento de milhares de euros. Aníbal Afonso, padre diretor dos Salesianos de Mogofores, explicou a JB que a necessidade de substituir a cobertura do edifício, ainda em fibrocimento, acabou por despoletar tudo o resto, ou seja, a remodelação total do pavilhão. Uma obra possível graças à Fundação Salesiana. Um investimento de milhares de euros “bem empregues”, na medida em que são para os “nossos jovens”, e estes são “a finalidade da nossa obra”, diz o diretor dos Salesianos de Mogofores.
O novo pavilhão está dotado de todas as condições para a prática desportiva, mas também para a realização de eventos culturais, já que o palco foi também alvo de uma profunda intervenção. Seguem-se agora os balneários que há muito carecem também de beneficiação. “Deveriam ter acompanhado a obra do pavilhão, mas não foi possível,” explicou.

Pavilhão para alunos e para a comunidade. Também a docente Sónia Monteiro, diretora pedagógica deste estabelecimento de ensino, destaca que a reconstrução levada a cabo: “significa que estamos empenhados em tornar bonita esta estrutura, com este fim pedagógico – servir os nossos estudantes”.
Segundo a docente “esta é uma área importantíssima na realidade salesiana”, já que contempla “todas as vertentes das artes e do desporto” e porque “queremos também servir a comunidade neste aspeto – que todos se sintam bem-vindos e que venham participar das atividades que podemos oferecer”.
Catarina Cerca