Há 4 meses que músicos e grupos, “de fora” e de “dentro” do concelho de Oliveira do Bairro, trabalham nos espetáculos que serão apresentados este ano no MOB – a Festa da Música e dos Músicos de Oliveira do Bairro, de 1 a 5 de maio.
“De fora para dentro” é o conceito associado à sexta edição deste festival que, cinco anos depois, enfrenta o desafio de inovar com renovado interesse.
“Os grupos de fora do concelho foram convidados para participarem no nosso festival, dentro, na nossa casa e a proposta era esta, que o espetáculo de cada um contasse com a colaboração dos nossos músicos e grupos”, explica ao JB Tiago Matias, diretor do Quartel das Artes, espaço onde todos os espetáculos acontecem, ou no auditório, ou na cafetaria.
Em cartaz estarão três grupos de renome nacional: Sete Lágrimas, Toques do Caramulo e a Orquestra Filarmonia das Beiras. “Contamos ainda com a Big Band da Bairrada, formada por músicos do concelho de Oliveira do Bairro, já com dois anos de atividade e que, além de grupo residente do MOB, cada vez mais se afirma no plano nacional como uma das Big Bands a seguir com atenção”, acrescenta Tiago Matias.

 

Ler mais na edição impressa ou digital