“Tio Tomás – A Contabilidade dos Dias”, de Regina Pessoa, ganhou o troféu de Melhor Curta-Metragem nos prémios Annie, considerados o equivalente aos Óscares no mundo da animação.
É a primeira vez que a cineasta portuguesa, natural de Cantanhede, é distinguida pelos prémios atribuídos pela Sociedade Internacional de Cinema de Animação. Regina Pessoa é de Vila Nova de Outil, onde viveu até aos 17 anos, partindo depois para o Porto, cidade onde vive atualmente. 
A curta-metragem de 13 minutos com que a cineasta recorda e homenageia o seu tio Tomás foi produzida pela portuguesa Ciclope Filmes, pelo National Film Board of Canada e pela francesa Les Armateurs e já foi premiado em festivais europeus e americanos. Entre os muitos galardões que conquistou, contam-se o Prémio Especial do Júri e o Prémio para a Melhor Música no Festival Internacional de Animação de Annecy, o mais importante do mundo, e o Grande Prémio do Festival Internacional de Animação do Brasil – Anima Mundi.

Ler mais na edição impressa ou digital