O padre Frei Gil Filipe faleceu numa clínica em Luanda, na madrugada do dia 3 de janeiro, não resistindo a um AVC, dias antes, no Waku-Kungo.

Natural da Feiteira (Troviscal) e sobrinho do carismático Frei Gil Alferes, este oliveirense de 82 anos de idade e que dedicou a vida ao clero será sepultado, esta quarta-feira, na paróquia de Nossa Senhora da Assunção Waku-Kungo, onde foi missionário dominicano desde 1982.

Frei Gil (Manuel da Conceição Filipe) nasceu a 23 de Janeiro de 1936, no Troviscal, no seio de uma família marcadamente católica, tendo entrado bem cedo para  os dominicanos, estudando no Seminário de Aldeia Nova.

Leia mais na edição impressa e digital de 9 de janeiro.