O único Santuário da Península Ibérica dedicado a Nossa Senhora de Loreto fica em Vale de Boi, uma pequena aldeia da freguesia da Moita (Anadia).
O dia oficial do Santuário da Santa Casa de Loreto foi assinalado no passado dia 10 de dezembro, e para além de uma missa, muito participada, contou ainda com a bênção com o óleo que vem das lamparinas da Casa original, em Itália.
Doze anos depois da abertura do Santuário, o padre Vitor Espadilha, pároco da Moita, destaca que “esta não é só uma construção de Vale de Boi. É uma construção internacional da Diocese de Aveiro, reconhecido como Santuário internacional pelo próprio Vaticano”, na medida em que, aquando da sua inauguração – a 31 de outubro de 2007, dia em que o então Bispo de Aveiro, D. António Francisco dos Santos (já falecido) inaugurou também o restauro da Capela de Nossa Senhora de Nazaré  – representantes da Santa Casa de Loreto (Itália) vieram atestar que o Santuário cumpria os requisitos exigidos.
Presentemente, na capela são celebradas as missas e atos religiosos, como acontece em todos os templos cristãos, mas o Santuário está reservado para outras funções. Ora assume a função de capela mortuária, ora de Santuário, propriamente dito. Um espaço de recolhimento e oração, até hoje vivido com maior intensidade pela população local. “Mais do que ter aqui peregrinos ou turistas, este Santuário existe para ser vivido pelas pessoas de cá”, reconhece o padre Vitor, que recorda: “aquando da inauguração do restauro da Capela, nem o senhor Bispo sabia do Santuário. Só os representantes da Santa Casa, junto da Santa Sé que estiveram cá sabiam, tal como o povo”.

 

Ler mais na edição impressa ou digital