O Município de Oliveira do Bairro avançou para a aquisição de 1.000 testes de deteção da COVID-19, para despiste da infeção nos grupos mais vulneráveis da população do concelho.


Duarte Novo, presidente da Câmara, explica a decisão da autarquia, defendendo que “a realização de testes à COVID-19 é, nesta fase, a melhor forma de prevenção para a população mais vulnerável, idosos institucionalizados e seus cuidadores e profissionais que prestam serviços essenciais à população, sejam do município ou de outras entidades”.


O objetivo da autarquia é o de “detetar o mais rapidamente possível pessoas infetadas, em complementaridade com a Direção-Geral de Saúde, para que depois as entidades competentes possam agir em conformidade, isolando-as e fazendo o devido prognóstico médico e entrevista epidemiológica, para decidir quais os cuidados de saúde para cada caso e perceber que pessoas estiveram em contacto com o infetado, de forma a quebrar as cadeias de transmissão do vírus”, dá conta nota da Câmara.


“Estamos a fazer tudo o que nos é possível, em todas as áreas de atuação da autarquia, de forma a preservar a vida dos mais vulneráveis e da restante população do concelho”, diz Duarte Novo.


Refira-se que os testes adquiridos pelo Município de Oliveira do Bairro são produzidos na Alemanha, aprovados pelo Infarmed, e detêm uma sensibilidade de 94,1% e uma especificidade de 99,2%.