Uma rixa no decorrer de uma festa familiar, na noite deste sábado, no lugar da Serena, Oliveira do Bairro, levou a GNR a intervir com recurso ao Corpo de Intervenção de Aveiro para por cobro à situação, confirmou ao JORNAL DA BAIRRADA o comandante do Destacamento da GNR de Anadia, Cláudio Lopes.

A festa, que envolvia cerca de uma dúzia de pessoas, acabou com uma rixa na Rua Principal do lugar, por volta das 23h, levando os vizinhos a alertarem as autoridades para os incidentes. Ao chegar ao local, os elementos da patrulha da GNR foram agredidos e obrigados a pedir reforços para travar os desacatos, assegurou o comandante.

A versão dos factos foi igualmente confirmada ao JB por um vizinho, contando que “as pessoas da festa começaram à pancada na rua e quando chegou a GNR, os guardas foram brutalmente agredidos”. “Só quando chegaram mais elementos da GNR, para aí cerca de 8 carros, é que as coisas pararam”, conta o vizinho, concluindo que “havia alguns guardas cheios de sangue que foram depois para o hospital”.

Segundo Claúdio Lopes foram agredidos quatro militares, confirmando que chegaram a ser transportados para o Hospital de Aveiro, embora “sem ferimentos graves”. A GNR deteve quatro pessoas com ligações aos incidentes e ainda identificou outras duas. Todos serão presentes a Tribunal, esta segunda-feira, para primeiro interrogatório.