A GNR, através da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) e do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, apreendeu na noite da passada quinta-feira 2.862,5 quilos de amêijoa-japonesa, com o valor estimado de 25.758 euros, no concelho de Águeda.

Segundo as autoridades, a apreensão aconteceu durante uma ação de fiscalização rodoviária orientada para a verificação e controlo do transporte de pescado fresco e moluscos bivalves, quando “os militares detetaram um veículo de mercadorias que transportava amêijoa-japonesa, sem que tivesse quaisquer documentos que comprovassem a sua origem, originando a sua falta de rastreabilidade e, consequentemente, a possibilidade de se constituírem um perigo para a saúde pública”.

Na operação foi identificado um homem, de 41 anos, e elaborado o respetivo auto de notícia por contraordenação, devido ao transporte de espécies bivalves por falta de rastreabilidade, que constitui uma  infração punível com coima máxima de 37.500 euros.