O jovem lançador da Adrep, Tiago Nunes, viveu um fim de semana de sonho, com desempenhos praticamente perfeitos nos Campeonatos Nacionais de juvenis (Sub18), realizado no sábado, e de juniores (Sub20), realizado no domingo, competições destinadas aos melhores jovens atletas de Portugal. Tiago Nunes, natural de Malhapão, foi um dos atletas em maior evidência a nível nacional, sagrando-se Campeão Nacional de lançamento do disco em ambos escalões e ainda Vice-Campeão Nacional de lançamento do peso no escalão de Sub-18.

Fruto das medidas de contingência necessárias à realização dos campeonatos, a Federação Portuguesa de Atletismo realizou os Campeonatos Nacionais dos escalões de formação em sete pistas dispersas por todo o território nacional, com a Adrep a competir no grupo da Maia, sendo a classificação elaborada a partir das classificações obtidas nos diferentes locais de competição.

Tiago Nunes entrou em competição na manhã de sábado, na prova de lançamento do peso do escalão de Sub18, abrindo o concurso com 14,59 metros, a escassos 5 cm do seu recorde pessoal, assumindo desde logo a 2.ª posição, posto que viria a manter até final do concurso, apesar dos esforços para assumir a liderança do concurso. Refira-se que Tiago Nunes já havia conquistado a medalha de prata nesta disciplina na época de pista coberta. Na tarde de sábado, o jovem lançador da Adrep alinhou na sua principal prova, o lançamento do disco, também no escalão de Sub18, entrando em competição novamente a um nível elevado, arremessando o engenho de 1,5 kg a 45,89 metros, um novo recorde pessoal por praticamente 1,5 metros, registo que lhe valeu a medalha de ouro e uma vitória com quase 6 metros (!) de vantagem para o segundo classificado.

Tiago Nunes voltaria à pista da Maia na tarde de domingo, para a prova de lançamento do disco, desta feita no escalão de juniores. Cansado dos desempenhos do dia anterior, Tiago Nunes não conseguiu nos primeiros lançamentos aplicar todo o seu potencial. Foi necessário esperar pelo 6.º e último ensaio para o lançador da Adrep conseguir, finalmente, um lançamento bem executado, surpreendendo todos os restantes atletas com um arremesso de 43,56 metros (com o disco de 1,750 kg), saltando da 5.ª posição para a liderança, posto que não viria a perder até ao final da competição em todas as pistas, consagrando assim o lançador juvenil da Adrep como Campeão Nacional também no escalação de juniores e uma das revelações de ambos os campeonatos.