Assinar
Bairrada // COVID-19  

Covid preocupa autarquia de Vagos

Situação “alarmante” no município de Vagos, relativamente à Covid-19, admitiu o presidente da câmara de Vagos, que na última reunião pública do executivo admitiu haver vários casos.

Para além do Centro Social de Soza, onde o primeiro caso foi detetado, há agora registo de pelo menos um caso positivo numa turma do 3.º ano de uma das escolas do Agrupamento, outro na Santa Casa da Misericórdia local, e ainda num clube de futebol que milita na AFA. A situação começa a adquirir “contornos preocupantes”, reconheceu Silvério Regalado.

No caso da escola, onde a delegada de saúde colocou os restantes 19 alunos em isolamento em casa, como medida preventiva, até serem testados, foi acionado o ensino à distância, para que os 19 alunos possam “continuar a assistir às aulas”.

Quanto ao Centro Social de Soza, já reabriu e está a “trabalhar em pleno, com todas as suas valências”, confirmou a direção da IPSS que, em comunicado, aos funcionários, pais, Autoridade Local de Saúde e Proteção Civil Municipal, a “diligência e competência com que todo este processo foi abordado e convenientemente tratado”.

Eduardo Jaques