Assinar


Sociedade // Vagos  

Festas do Município e Vagos prometem 5 dias de muita animação

Com um cartaz empolgante, as Festas do Município de Vagos estão de volta, de 17 a 21 de maio. Uma vez mais, o profano e o sagrado vão conviver lado a lado.

De 17 a 21 de maio, o concelho de Vagos volta a sentir as vibrações intensas das Festas do Município. Vão ser cinco dias fantásticos, contendo muitos momentos de interesse, subdivididos entre o “profano” e o “sagrado” que são sempre característicos destas festividades. Pedro Abrunhosa e Kura serão os cabeças de cartaz em palco, mas a rainha das celebrações é Santa Maria de Vagos.

Uma das novidades das Festas do Município de Vagos vai ser o regresso das tasquinhas gastronómicas que estarão instaladas no estacionamento da Avenida Dr. Lúcio Vidal, numa organização da Junta de Freguesia de Vagos e Santo António. Aqui, serão todos convidados a uma refeição confecionada por entidades associativas da freguesia que possam preparar corpo e o espírito para muitos pontos altos que estão a ser organizados para as Festas do Município de Vagos, nesta sua edição de 2024.

E o espetáculo vai começar precisamente no dia 17 de maio, a partir das 22h, com o primeiro concerto, que junta o consagrado artista português FF à Filarmónica Vaguense no palco da Quinta do Ega, para uma atuação que promete muito, na combinação proposta entre o pop e o clássico. A primeira noite das Festas do Município vai terminar com as boas vibrações do DJ Maskarilha e do vaguense DJ Martinez, que fixarão, até de madrugada, os espectadores que vivenciarem esta primeira noite do evento.

O segundo dia das festividades começará bem cedo. Às 9h de sábado, dia 18 de maio, os sons da música tradicional portuguesa interpretados pelos indefetíveis “Côdeas do Diabo”, uma formação de Soza cuja sonoridade itinerante não deixa ninguém indiferente, vão ecoar nas ruas da vila, a preparar um dia que terá os seus pontos de referência a acontecerem algumas horas mais tarde.

Com efeito, e como já é habitual neste segundo dia das Festas, o Grupo de Teatro Fantástico da Santa Casa da Misericórdia de Vagos vai apresentar uma estreia no auditório do Centro de Educação e Recreio de Vagos. A expetativa é de casa cheia para presenciar a peça “As Hospedeiras”.

Saídos do teatro, os espetadores só terão de fazer o caminho até à Quinta do Ega para assistir a um conjunto de espetáculos de alta qualidade. No palco entrarão primeiro os aveirenses “Moonshiners” com a sua sonoridade muito própria que mistura os blues com o rock e que congrega fãs um pouco por todo o país. Eles vão preparar o caminho para um dos mais consagrados DJ’s nacionais. Kura de seu nome, é um DJ e produtor versátil que combina elementos de electro, future e progressive house e cujas atuações esgotam recintos e arrebatam os espectadores. Este será, sem dúvida, um dos pontos mais altos das Festas do Município de Vagos 2024.

Kura

A segunda noite do evento terminará com o espetáculo do vaguense DJ Joni, antes do merecido descanso de todos, na preparação do terceiro dia.

A 19 de maio vai começar a mescla entre o sagrado e o profano. Às 17h, realiza-se a procissão do Divino Espírito Santo, pelas ruas da vila de Vagos, acompanhada pela Banda Vaguense, numa demonstração de profunda devoção. A noite vai trazer o grande cabeça de cartaz deste ano: nem mais nem menos do que o consagrado Pedro Abrunhosa. O autor de temas tão icónicos como “Se eu fosse um dia o teu olhar”, “Lua” ou “Tudo o que te dou” promete “Fazer o que ainda não foi feito” e dar um mega-concerto em Vagos, após o qual haverá muito fogo de artifício com a noite a prosseguir com os irreverentes “Insert Coin” que já não passam sem as Festas do Município e sem os quais o evento também não seria o mesmo. A terminar, mais uma presença vaguense, com a DJ Nadja a colocar o ponto final em mais um dia.

A 20 de maio comemora-se o Dia do Município que é, simultaneamente, dedicado a Santa Maria de Vagos. No Santuário, realizar-se-á a tradicional Eucaristia Campal, à qual acorrerão peregrinos provindos das mais diversas paragens, mas sobretudo de Vagos e Cantanhede, concelhos que se irmanam pela devoção a Santa Maria de Vagos.

Outro dos pontos altos deste momento de fervor religioso, a Bênção do Bodo, está reservado para o meio da tarde. Por esta altura, os caminhos deste quarto dia bifurcam-se entre o que ocorre no Santuário e no centro da vila de Vagos, que acolhe a atribuição de diplomas de mérito municipal aos alunos do concelho, que frequentam o Agrupamento de Escolas de Vagos, o Colégio Nossa Senhora da Apresentação de Calvão e da EPADRV – Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos.

À noite, a partir das 21h, a marcante Procissão das Velas sairá do Santuário até ao centro da vila de Vagos, onde se realizará a Serenata à Senhora de Vagos.
Desta forma terminará o quarto dia das festividades, sendo que o último dia, 21 de maio, é para ser passado em convívio com a realização da tradicional sardinhada, acompanhada musicalmente pelo duo Paulo Matos e Diana Matos.