Recortes.pt Leia no Recortes.pt

O.Bairro: Aprovados 250 mil euros para coletividades

A câmara municipal de Oliveira do Bairro aprovou por unanimidade, na reunião de 26 de julho, um apoio de 250 mil euros para as coletividades do concelho. “É mais um sinal da consideração que temos pelo trabalho das associações em prol do desenvolvimento do nosso concelho”, afirmou o autarca Mário João Oliveira. “Para além deste valor, atribuímos milhares de euros para obras, em transportes, cedência de instalações, publicidade e divulgação de atividades, etc..” No ano passado, referiu o presidente, a câmara pagou mais de 1 milhão e meio de euros às associações.
O vereador do CDS/PP, Jorge Mendonça, lamentou que os valores votados só fossem divulgados naquele momento. “Estive cá na terça-feira [dois dias antes] para consultar os documentos, mas não havia uma única linha sobre isto.” Por isso, o vereador voltou a frisar a necessidade de haver um regulamento de atribuição de benefícios e comparticipações às associações. “O sr. presidente tem que ponderar, com a máxima urgência, a existência de um regulamento. Vou votar favoravelmente, mas entendo que não devo votar de cruz. Estaria mais à vontade com critérios objetivos”, exprimiu Jorge Mendonça.

Valores atribuídos. Os 250 mil euros serão distribuídos por 81 coletividades do concelho.
Cada uma das 11 IPSS recebe 4000 euros (Santa Casa e ABC Bustos recebem mais 500 euros/cada para projetos ligados à Família).
Às associações humanitárias foram atribuídos 3.500 euros: 3.000 para a Adasma e 500 euros para a Sociedade de S. Vicente de Paulo (Bombeiros têm protocolo à parte).
Os grupos folclóricos são contemplados com 1.500 euros (à exceção do Acorde Verde – Grupo Folclórico Identidade Lusa, que recebe 2.700 euros).
As bandas filarmónicas (ABCR Mamarrosa e UFT) recebem 20.000 euros/cada.
Para os agrupamentos de escuteiros (Troviscal, Palhaça e Oiã), 3.500 euros/cada.
As associações de Pais (14) recebem 350 euros/cada.
Quanto às associações culturais e recreativas (27 contempladas), o montante global é de 85.350 euros. As maiores fatias vão para o Conservatório Artes e Comunicação FUOB (25.000 euros); União DCR Silveiro (15.000 euros agora; recebe 22.500 euros em 2012 e 22.500 euros já aprovados para 2013); Orfeão de Bustos (4.500 euros); e Associação de Melhoramentos da Mamarrosa (4.000 euros).
O Núcleo da Liga dos Combatentes recebe 700 euros.
Quanto aos clubes desportivos (15), o total é de 49.850 euros. Os valores mais elevados vão para a ADREP (11.500 euros, dos quais 1000 são para os Cantares); Atómicos (7.000 euros); ADERCUS (6.500); Associação Desportiva de Oiã (6.000); e Grupo Desportivo de Águas Boas (5.000). Ao Oliveira do Bairro SC já foram atribuídos 55.000 euros. O Arviscal está em análise; assim como a União Desportiva de Bustos e o Grupo Desportivo Troviscalense, que ficam este ano sem equipa sénior de futebol.

Oriana Pataco
oriana@jb.pt

Deixe um comentário

Ad Code

Blogues recomendados


Cagido

19 DE NOVEMBRO – DIA MUNDIAL DAS DOENÇAS PULMONARES OBSTRUTIVAS E DIA DO HOMEM
      Numa sociedade em que cada vez mais se respira menos amor, solidaried …


Notícias de Bustos

“BUSTOS EM CUECAS”, A RÉCITA QUE NUNCA ACONTECEU
Entre os papéis da falecida professora Zairinha encontrava-se um livro de c …


Portal de Nariz

Nota da Administração
Depois de algum tempo de ponderação e reflexão, o Portal de Nariz informa q …

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com