Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Ílhavo

Agravamento do estado do tempo para Domingo e Segunda

mau_tempo1
O estado do tempo continuará a ser caracterizado pela passagem sistemas frontais de forte atividade, prevendo-se que, no final de domingo e noite de segunda, uma depressão muito cavada atravesse o norte da Península Ibérica, junto da região Norte do território do Continente, originando aumento da intensidade do vento e da agitação marítima.

A partir da tarde de Domingo, dia 9, e até ao final da manhã de segunda-feira, dia 10, prevê-se agravamento do estado do tempo, com ocorrência de precipitação forte, queda de neve acima dos 600/800 metros e vento forte do quadrante sul, com rajadas da ordem dos 90 /110 km/h, podendo atingir os 120 km/h nas terras altas, incidindo com maior intensidade nas regiões a norte do Tejo.

Na Costa Ocidental, a partir do final da tarde de domingo dia 09, as ondas atingirão 7 a 8 metros, altura significativa, podendo atingir durante a noite e madrugada de segunda-feira os 10 metros.

mau tempo

Posted in Águeda, Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos Comentários

460 autos elaborados em operação a stands de carros

O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana de Aveiro fiscalizou, na penúltima quinta-feira, dia 30 de janeiro, 145 estabelecimentos comerciais, especialmente direcionados para a venda de veículos automóveis usados (stands), com a finalidade principal de verificar o cumprimento das normas que regem o setor e se os direitos do consumidor se encontram devidamente salvaguardados.
De acordo com a GNR, foram elaborados 460 autos por contraordenação pela prática de diversas infrações, entre as quais se destacam a falta de alvará, inscrição no cadastro de estabelecimentos comerciais, falta de prestação de informações obrigatórias ao cliente, uso de formas de publicidade proibidas, irregularidades relacionadas com o Livro de Reclamações; incumprimento do horário de funcionamento; falta de autorização da autoridade competente para venda de veículos na via pública e incumprimento da legislação ambiental.
Foram ainda levantados dois processos-crime por reprodução ilegítima de programa protegido, tendo sido apreendidas duas máquinas de jogo de fortuna ou azar, e ainda foi elaborado um autonotícia por suspeita de tráfico/viciação de viatura.
Na operação estiveram envolvidos 162 militares de todos os Postos Territoriais do Comando Territorial de Aveiro, bem como militares da estrutura de Investigação Criminal e do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente.

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Bustos, Cantanhede, Ílhavo, Mamarrosa, Mealhada, Oiã, Oliveira do Bairro, Palhaça, Por Terras da Bairrada, Região, Troviscal, Vagos Comentários

Praias da região: Mar avança sem dó nem piedade

Praias da região: Mar avança sem dó nem piedade

Na passada segunda-feira, dia 6, viveram-se momentos de aflição nas zonas costeiras da região que foi fortemente fustigada pela agitação marítima. Ondas gigantes, com cerca de 8 a 10 metros, fizeram com que o mar subisse vários metros, galgando o sistema dunar, causando momentos de pânico, sobretudo em espaços comerciais (bares de praia) mais expostos.

Praias da Vagueira e Areão. Miguel Sá, comandante dos Bombeiros Voluntários de Vagos, revela que o momento mais preocupante foi vivido entre as 19h30 e as 20h de segunda-feira, hora do pico da maré alta.
“Foram momentos complicados, com grande agitação marítima, o que obrigou o Serviço Municipal de Proteção Civil de Vagos a encerrar toda a marginal na Praia da Vagueira” por questões de segurança.
Embora o areal tenha desaparecido na Praia da Vagueira, bem como parte do cordão dunar, o paredão em pedra segurou o mar revolto que, mesmo assim, galgou a marginal. “Na altura mais crítica, o mar galgou as pedras, levou passadiços em madeira, escadas e sinais de trânsito”, revelou, adiantando que se viveram momentos de aflição pelo menos em três bares de praia, que sofreram alguns prejuízos. Também na Praia do Areão, a forte ondulação com vários metros provocou estragos e o avanço do mar voltou a fazer desaparecer parte do cordão dunar. “Estamos a colocar areia para proteger a estacaria e tentar segurar um bar de praia que ficou numa situação mais frágil”, adiantou ainda.
Praias da Costa Nova e da Barra. Carlos Mouro, comandante dos Bombeiros Voluntários de Ílhavo, falou dos momentos mais difíceis vividos na última segunda-feira nas Praias da Costa Nova e da Barra.
“O mar incidiu gravemente na zona entre a Costa Nova e a Praia da Barra, comendo dezenas de metros de areal e duna”, revelou. Sucessivos dias de mau tempo, aliados a vagas de dimensões pouco habituais fizeram com que o mar chegasse aos passadiços em madeira que se encontravam distantes do mar. Hoje, estes constituem um enorme problema de segurança, devido à sua instabilidade. “O passadiço está encerrado à circulação pedonal”, e Carlos Mouro alerta para o perigo que aquele local constitui: “as pessoas teimam em ir tirar fotografias, mas o passadiço pode desabar e arrastar as pessoas. Se alguém cai naquela ondulação não se salva”.
O caso mais grave registado nesta praia foi o desaparecimento do restaurante Casa Dumar, que começou a ser fustigado pela ondulação a 3 de janeiro e na segunda-feira, dia 6, foi completamente destruído pelas enormes ondas.
“É assustador porque o areal, a praia desapareceu na Barra”, admite, avançando que a forte ondulação atingiu toda a zona do paredão na Praia da Barra, galgando até à Avenida João Corte Real.
Na Costa Nova, não se notaram grandes prejuízos, embora junto ao Contiqui Bar se tenham vivido momentos de maior angústia.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Aveiro, Ílhavo, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos Comentários

A FARAV 2013 – Feira de Artesanato de Aveiro

A FARAV 2013 – Feira de Artesanato de Aveiro vai realizar-se de 26 de Julho a 4 de Agosto no Largo do Rossio, no coração da cidade de Aveiro. Noventa artesãos, a grande maioria credenciados, vão marcar presença no certame com espectáculos e passeios de charrete diários.

Durante dez dias, a FARAV 2013 vai mostrar o artesanato mais genuíno e verdadeiro. Olaria, bordados, pintura, cerâmica, joalharia são apenas alguns dos trabalhos, verdadeira arte manual, em exposição e para venda ao público.

Para além do melhor artesanato, o público poderá ainda provar e comprar as iguarias gastronómicas de várias zonas do país: presuntos, queijos, alheiras de Mirandela, charcutaria do Alentejo, pastéis de Tentúgal, licores vários, compotas, vinhos e doçaria da Madeira, entre outros. A zona alimentar da FARAV 2013 é constituída por tasquinhas e uma área de esplanada especialmente criada para o efeito.

Espectáculos todos os dias
A FARAV 2013 apresenta um cartaz de animação com concertos todos os dias: H’são (26 Julho), Gisela João (27 Julho), Niamh Ní Charra (28 Julho), Banda Polk (29 Julho), Orquestra da Sociedade Musical Santa Cecília e Banda de Gaitas de São Bernardo (30 Julho), Que Raio de Mundo – Teatro do Montemuro (31 Julho), Toques do Caramulo (1 Agosto), Canela (2 Agosto), Uxía (3 Agosto) e Grupo Etnográfico e Cénico das Barrocas, Orquestra Ligeira da Taipa, Grupo Cénico Cantares da Ria e Escola de Música da Quinta do Picado (4 Agosto).

Os espectáculos têm início marcado para as 21:30 horas, sendo a entrada gratuita.

Passeios de charrete
Numa parceria estabelecida com o Clube Equestre do Loureiro, o público da FARAV 2013 poderá beneficiar de passeios de charretes diários (sempre a partir das 18h00), num percurso envolvente ao Canal Central da Ria de Aveiro.

A instalação de insufláveis no recinto é outro motivo de atracção, especialmente dedicado às crianças.

A FARAV 2013 é organizada pela Aveiro-Expo, E.M., através de uma Comissão Executiva que reúne ainda a Câmara Municipal de Aveiro, o Instituto do Emprego e Formação Profissional e A BARRICA – Associação de Artesãos da Região de Aveiro.

Horário de funcionamento:
Zona de artesanato – Largo do Rossio
10:00 horas às 13:00 horas e das 15:00 horas às 23:00 horas, todos os dias

Zona das tasquinhas – Largo do Rossio
10:00 horas às 23:00 horas, todos os dias

Posted in Aveiro, Destaque, Ílhavo, Região Comentários

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada de 5 de junho de 2013

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada de 5 de junho de 2013

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos, Vídeo Comentários

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada de 23 de Maio de 2013

Posted in Águeda, Anadia, Cantanhede, Desporto, Ílhavo, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos, Vídeo Comentários

ACIB comemora 20 anos com a presença de Marques Mendes

A ACIB comemora o seu 20.º aniversário no mês de maio e, para assinalar esta data, vai realizar, a 31 de maio, pelas 16h30, no Espaço Inovação, na Zona Industrial de Vila Verde, em Oliveira do Bairro, a conferência Portugal – Que futuro?.
Esta iniciativa conta com um painel de ilustres convidados, que vão debater sobre as perspectivas do tecido empresarial português para os próximos anos.
Como oradores estarão presentes Luís Marques Mendes, advogado e comentador político, Almeida Henriques, antigo secretário de Estado adjunto da Economia e do Desenvolvimento Regional, e Martinho Gonçalves, da Metalcértima.
A sessão terminará com um espumante de honra.
Esta iniciativa tem o patrocínio da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Câmara Municipal de Anadia, Vinhos Sidónio de Sousa, Quinta do Cavaleiro, Restaurante Alambra, Supermercados Ponto Fresco, Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Porcel, Con Vocação, CTCV e Incograf.
Todos os interessados em participar, poderão inscrever-se através do telefone 234 730 320 ou via o e-mail: acib@acib.pt, até 28 de maio.

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Ílhavo, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Vagos Comentários

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada de 8 de Maio de 2013

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada de 8 de Maio de 2013

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos, Vídeo Comentários

Rota do Bacalhau contribui para Obra da Criança

A 4.ª edição da Rota do Bacalhau, organizada pelo Rotary Club de Ílhavo e que se realiza este ano a 2 de junho, tem um caráter muito especial: contribuir para o lançamento da primeira pedra do novo edifício da Obra da Criança.

A Rota do Bacalhau é um evento solidário, iniciado em 2010, que surgiu tendo por base uma trilogia: uma ideia, um objetivo, uma maratona. A ideia foi implementada, o objetivo tem vindo a renovar-se continuamente – fruto da massiva adesão que ao longo dos anos não cessa de crescer, numa espetacular manifestação de solidariedade sem igual – a maratona cresceu, consolidou-se e é hoje uma referência a nível nacional.

“Podemos, seguramente, falar de sucesso, de um sucesso muito especial, um sucesso partilhado. Partilhado com os milhares de participantes, com as centenas de voluntários que graciosamente dão o melhor de si, com as dezenas de patrocinadores que não regateiam esforços, nem meios, para garantir os recursos necessários à organização do evento e, particularmente, com os grandes beneficiários desta grande festa de BTT, as crianças da Obra da Criança”, afirma Sérgio Ribau Esteves, presidente do Rotary Club de Ílhavo.

No ano transato, o número de inscritos excedeu em 30% o número de participantes. Não puderam participar todos. “Os recursos são, infelizmente, limitados. E mais não podemos exigir aos patrocinadores”, diz o presidente do Rotary Club de Ílhavo, que sempre procurou organizar este evento numa perspetiva win-win, estabelecendo relações e assumindo compromissos onde todos sentissem que, de facto, estavam a ganhar com a sua participação nesta grande festa do BTT nacional. Num crescendo de esforço, a RB foi ganhando expressão e dimensão.

As projeções, tendo em conta o volume de inscrições já registado, permite perspetivar um número de inscrições que, se não ultrapassar, será igual ou muito próximo ao do ano passado, o que, admite Sérgio Ribau Esteves, “nos coloca num dilema”. “Crescer muito mais é incomportável. No entanto, responder às expectativas e às solicitações não só é aconselhável como desejável”.

Mas o novo edifício da Obra da Criança configura um contexto dimensional de especial relevância, o que obriga a um esforço adicional. Por ser a 4.ª edição, o número de participantes vai este ano ser excecionalmente alargado para 1.111. “Estamos convictos que este esforço será a mais será comportável e assimilável pelos patrocinadores. Vamos, pois, em conjunto, em festa e harmonioso convívio, contribuir para a construção do novo edifício da Obra da Criança, proporcionando às crianças condições adequadas para o seu saudável desenvolvimento e integração social.”

Posted in Aveiro, Ílhavo, Região Comentários

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada de 11 de Abril 2013

Revista de imprensa do Jornal da Bairrada de 11 de Abril 2013

Posted in Águeda, Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada, Região, Vagos, Vídeo Comentários

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com