Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Concurso"

Ideia de negócio do IPB vale 3.º em concurso regional


O IPB – Instituto Profissional da Bairrada, em representação da região de Aveiro, foi o vencedor do terceiro prémio, com a ideia de negócio GCO – Garbage Collect Optimizer, no Concurso Regional de Ideias de Negócio para a População Escolar da Região Centro, promovido pela CCDRC. Este concurso tem como objetivo sensibilizar e motivar os jovens para a inovação e o empreendedorismo, promovendo a iniciativa e o dinamismo nas comunidades onde se inserem. A concurso estiveram projetos de grande qualidade, representantes de seis regiões – Aveiro (3.º); Coimbra (2.º); Leiria; Médio Tejo (1.º); Oeste e Viseu Dão Lafões.

Resultados. Nuno Santos, diretor do IPB, visivelmente satisfeito pela conquista, diz que “para os alunos, do Curso Profissional – Técnico de Eletrónica, Automação e Comando, que estão no primeiro ano de formação, foi mais um dia de destaque, aprendizagem, divertido e competitivo”.
Nuno Santos refere que “o IPB por opção, e cumprindo um plano de atividades dinâmico e enérgico, ao longo do ano letivo, tem marcado presença em vários «palcos» com resultados francamente animadores, que provavelmente poucos esperariam para um primeiro ano de atividade”.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Trabalho multimédia vale primeiro prémio à turma de Artes da Secundária de Anadia


 

A Turma do 12.º C (Artes), da Escola Secundária de Anadia, foi a grande vencedora do concurso escolar José Luciano de Castro, promovido pela Câmara Municipal de Anadia.
A turma concorreu na secção de Artes Visuais com um inédito e arrojado trabalho multimédia, “José Luciano de Castro – QR Codes espalhados por Anadia”, arrecadando, sem dificuldade, o primeiro lugar.
A entrega de prémios teve lugar no passado dia 18, no salão nobre dos Paços do Concelho.
Nesta que foi a primeira edição do concurso, foram ainda distinguidas no 3.º CEB, na Secção de Escultura e Pintura, três alunas do Colégio Nossa Senhora da Assunção – Famalicão. Foram elas: Maria Matilde Dias Dinis, 8.º A, com o pseudónimo “Minnie”, Catarina Fernandes Lourenço, do 9.º B, com o pseudónimo “Safira” e Maria José Trindade Figueiredo Torres, 8.º C, com o pseudónimo “Laura.”
No total, apresentaram-se a concurso 21 trabalhos de alunos do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário dos estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia. Mas não tendo sido submetidos a concurso quaisquer trabalhos nas secções de artes performativas e produções literárias, a disputa acabou por se centrar na área da escultura e pintura e no domínio das artes visuais.
Os trabalhos poderiam ter um caráter individual ou coletivo, e seriam atribuídos três prémios de 100 euros aos três melhores trabalhos apresentados em cada secção e por categoria.

Viajem no tempo. Na ocasião, o diretor de turma, professor Artur Costa, da Escola Secundária de Anadia referiu-se ao trabalho elaborado pela turma de Artes, que concorreu na categoria de Artes Visuais (produção multimédia). Trata-se de um projeto online, ou seja, todo o material gerado encontra-se disponível na internet, apenas sendo possível visualizá-lo com recurso a algum dispositivo eletrónico com acesso à internet, como um computador, um smartphone ou tablet.
“Os únicos vestígios visíveis do projeto são os pequenos códigos QR espalhados por alguns espaços públicos de Anadia e no espaço do Museu José Luciano de Castro”, explicaria.
Segundo o docente Artur Costa, “o objetivo foi aproveitar a potencialidade da utilização dos códigos QR em prol do Museu José Luciano de Castro, da Santa Casa de Misericórdia de Anadia”.
Para além da produção de audio-guias para que os visitantes do Museu pudessem, ouvindo, ser guiados por uma visita ao Museu (Português/Inglês), foi criado um site de suporte ao projeto, onde foram alojados os audio-guias e disponibilizados textos e informações recolhidas. O trabalho realizado por estes alunos permite ainda que fotografias antigas de Anadia, expostas no Museu José Luciano de Castro, possam ser vistas, utilizando o telemóvel, como são hoje em dias aquelas paisagens, edifícios, praças, etc.
“Uma coisa puxa à outra e , de repente, já estávamos a fazer também o contrário, a colocar códigos QR em certos locais de Anadia, onde o turista, o curioso, pode com o telemóvel viajar no tempo e ver como era aquele espaço antigamente, remetendo-o para a fotografia que se encontra exposta no Museu”.

Fusão de várias disciplinas. Também o docente Jorge Humberto, da direção do Agrupamento de Escolas de Anadia, partilharia o orgulho e satisfação no prémio, destacando a oferta formativa da ESA, na vertente das Artes, salientando que o trabalho vencedor “faz a fusão de várias áreas disciplinares: História, Arte, Multimédia, Turismo, Inglês, Português”. Um projeto que considerou de “excelência” e que ajuda a construir a imagem de marca da própria escola.

Iniciativas bastante profícuas. Na ocasião, a irmã Idalina Faneca, diretora pedagógica do Colégio Nossa Senhora da Assunção, salientaria a importância dos vários concursos promovidos pela Câmara Municipal e dirigidos aos vários estabelecimentos de ensino, felicitando alunos, professores e escolas pelos resultados obtidos.
Na sua opinião, “é através destas áreas que os alunos se desenvolvem imenso e as escolas progridem”, já que são desafios que estimulam alunos a criar.
Também Dário Tavares, diretor pedagógico dos Salesianos de Mogofores, se mostrou bastante satisfeito com os trabalhos e resultado do concurso, porque não só contribui para um maior conhecimento sobre José Luciano de Castro, mas porque também são “iniciativas destas que dão a conhecer as figuras ilustres do concelho”, acreditando que José Luciano de Castro ficaria muito satisfeito e orgulhoso com os trabalhos realizados.

Trabalhos brilhantes. A edil Teresa Cardoso recordou aos alunos, professores e pais presentes na cerimónia que terminava naquele dia o ciclo evocativo que o município de Anadia desenvolveu a propósito do centenário da morte do conselheiro, com o intuito de dar a conhecer a figura de José Luciano de Castro, bem como de estimular a curiosidade em torno da ação do estadista e da época histórica em que viveu (1834-1914).
A edil anadiense referiu-se ainda aos trabalhos apresentados como “brilhantes” e de grande qualidade: “uma agradável surpresa e tarefa árdua para o juri”.
Sublinhando que o concurso, na sua primeira edição, até tinha prémios modestos “face ao talento e qualidade dos trabalhos apresentados”, mostrou-se satisfeita com o enorme talento, empenho e dedicação dos alunos, mas também a dedicação dos professores, que dinamizaram e incentivaram os alunos.
A terminar, deixaria um desafio aos alunos de Artes da ESA. O excelente trabalho realizado poderá valer-lhes um outro desafio, agora feito diretamente pela presidente de Câmara: “talvez vos desafie para um outro trabalho sobre o tema Anadia na Rota do Espumante”, com vista a que seja estabelecida uma rota para este que é um dos produtos mais emblemáticos do concelho.
Os trabalhos em exposição podem ser apreciados na Câmara Municipal até ao próximo dia 27 de março, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 13h e das 14h às 17h30.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)

Câmara promove concurso para fotografar Anadia, capital do espumante


Decorre até ao próximo dia 28 de março, o 3.º Concurso Municipal de Fotografia “Olhar Anadia”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Anadia que culminará numa exposição dos 50 melhores trabalhos, a inaugurar em maio de 2015.
A Câmara Municipal de Anadia lança mais uma edição deste certame que tem desempenhado um papel preponderante na promoção e valorização do património cultural, social, paisagístico e económico do concelho de Anadia.
E, dado que, em 2015, se assinalam os 125 anos da Produção do Espumante em Anadia, o 3.º Concurso Municipal de Fotografia “Olhar Anadia” será subordinado ao tema ”Anadia, Capital do Espumante”, tendo sido eleito como mote principal dos trabalhos a apresentar o registo fotográfico de caves e produtores do concelho de Anadia ligados à produção de Vinho Espumante.
Destinado a estimular novos olhares e novas perspetivas sobre o concelho, e também a ampliar o repositório fotográfico do município, o concurso está aberto à participação de todos os fotógrafos (amadores e profissionais), abrangendo duas secções – a cores e a preto e branco e podendo, cada participante, concorrer com um máximo de três fotografias em cada secção.
Os trabalhos deverão ser entregues até ao dia 28 de março e, após a seleção feita pelo júri, as 50 melhores fotografias serão expostas numa mostra a inaugurar no mês de maio, na Biblioteca Municipal de Anadia, no âmbito da celebração do feriado municipal. A ficha de inscrição e as normas de participação estão disponíveis nas páginas web da autarquia (www.cm-anadia.pt) e da biblioteca (www.bm-anadia.pt), e os interessados poderão obter mais informações junto do secretariado do concurso, através do 231 519 090 ou geral@bm-anadia.pt.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: 3.º Concurso Municipal de Fotografia “Olhar Anadia”


A Câmara Municipal de Anadia vai levar a cabo a 3.ª edição do concurso municipal de fotografia “Olhar Anadia”, cuja missão é a promoção e a valorização do património cultural, social, paisagístico e económico do município de Anadia.
O executivo aprovou na última reunião, por unanimidade, as normas de participação neste concurso.
Em 2015 o concurso terá como tema “Anadia Capital do Espumante”, na medida em que se assinala os 120 anos da produção do espumante em Anadia.
Assim, os trabalhos deverão ser registos fotográficos de Caves e produtores do município, ligados à produção de vinho espumante.
O concurso está aberto a fotógrafos profissionais e amadores, que podem concorrer nas secções de cor e preto e branco.
Os trabalhos devem ser entregues até ao dia 28 de março de 2015 e a seleção das melhores fotos será feita por um júri que escolherá as 50 melhores fotografias que vão dar lugar a uma exposição a inaugurar em maio, na Biblioteca Municipal de Anadia, no âmbito da celebração do feriado municipal.
Os prémios variam entre os 300 e os 100 euros em ambas as categorias.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Lions Clube da Bairrada promove concurso literário sobre a Paz


Há mais de 25 anos que a Associação de Lions Internacional instituiu o Concurso do Cartaz sobre a Paz, com grande impacto em todos os Clubes do Mundo.
O Lions Clube da Bairrada, desde 1996, tem participado ativamente, exaltando o valor da Paz, lançando sementes de compreensão e não-violência entre as pessoas, as famílias e as nações, junto das escolas, professores e alunos do 2.º ciclo, com a efetivação deste concurso.
Por diversas vezes foram noticiadas as escolas, os professores e os alunos envolvidos e muitas vezes alguns dos estudantes participantes foram premiados a nível local e distrital.
Neste início de ano letivo já todas as escolas dos municípios de Anadia e Oliveira do Bairro foram visitadas, sendo expectável, mais uma vez, a sua participação. A abordagem do tema “Paz, Amor e Compreensão” pode ajudar a consolidar a ideia de sensibilizar os nossos jovens para a necessidade de construção da Paz.
Mas este ano surge mais uma iniciativa, lançada pelo Distrito Múltiplo 115 (Portugal), que vem acrescentar valor ao tema. Trata-se do Concurso Literário sobre a Paz, que pretende motivar os estudantes para, em paralelo com a expressão plástica, transmitir, também através da escrita, a sua sensibilidade para o tema escolhido, dando maior ênfase à pretensão que é a de valorizar a Paz no Mundo.
Os requisitos de participação, em forma de regulamento, encontram-se já na posse dos professores. Além dos prémios, que serão atribuídos às composições julgadas de maior mérito, por júri isento, há ainda a hipótese da edição de um livro de que elas façam parte.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: José Luciano de Castro homenageado em concurso escolar


No âmbito do programa de homenagem a José Luciano de Castro no centenário da sua morte, a Câmara Municipal de Anadia promove, até fevereiro de 2015, um concurso escolar destinado a divulgar a vida e a obra do estadista.
Esta iniciativa, que se destina a alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico (CEB) e do Ensino Secundário dos estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia (Agrupamento de Escolas de Anadia, Colégio Nossa Senhora da Assunção, Escola de Viticultura e Enologia da Bairrada e Salesianos de São João Bosco de Mogofores), tem enquadramento no programa de atividades que a Câmara Municipal de Anadia tem vindo a realizar com o intuito de dar a conhecer a figura de José Luciano de Castro, estimulando a curiosidade em torno da ação do estadista, bem como da época histórica em que viveu (1834-1914).
São quatro as secções a concurso: artes visuais (produção multimédia e projetos fotográficos), escultura e pintura, artes performativas (dança e música) e produções literárias (géneros narrativo e lírico), podendo cada estabelecimento de ensino apresentar, por cada nível de ensino, um máximo de 10 trabalhos (individuais ou coletivos) em cada um das referidas secções.
O prazo para a entrega dos trabalhos decorre até 20 de fevereiro do próximo ano. O valor dos prémios a atribuir, ascende, no total, a 2.400 euros, estando prevista a atribuição de três prémios de 100 euros aos três melhores trabalhos apresentados em cada secção e por categoria, ou seja, um total de 24 prémios de 100 euros cada.
José Luciano de Castro nasceu em Oliveirinha (concelho de Aveiro) em 1834, mas foi em Anadia que casou e teve residência, tendo aqui falecido no dia 9 de março de 1914. Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, destacou-se como jurisconsulto, jornalista e político. A homenagem prestada pelo Município de Anadia teve início em 2013 e prolonga-se até 2015, e contempla a edição de monografias, exposições, palestras, espetáculos, um ciclo de cinema, entre outros.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Cantanhede: Adega arrecada sete prémios no Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada


A Adega Cooperativa de Cantanhede foi a grande vencedora da 4.ª edição do Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada ao arrecadar sete prémios, entre os quais o do melhor vinho.
O concurso, que vai na 4.ª edição, decorreu no primeiro dia do evento. Foram provados 76 vinhos, por um painel de 17 jurados, entre críticos e jornalistas, enólogos e escanções.
Os vinhos, todos certificados pela Comissão Vitivinícola da Bairrada, concorreram em quatro categorias (tinto, branco, rosé e espumante), com especial atenção para três prémios: o melhor espumante, o melhor espumante Baga (a casta bandeira da região) e o melhor vinho do concurso.
A entrega de prémios, que aconteceu por volta das 20h, foi presidida por Luís Campos, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros.
Na ocasião, Luís Lopes, da Revista de Vinhos, sublinharia “o nível muito bom, mesmo bastante elevado” dos vinhos apresentados, o que é revelador “do salto qualitativo que a região deu nesta última dezena de anos”.
Luís Campos, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, classificaria, perante os convidados presentes, “o vinho e a gastronomia como dois grandes embaixadores de Portugal, que produz cada vez com mais qualidade e criatividade”. Duas áreas “importantes para o desenvolvimento da economia regional”.
A propósito dos sete prémios conquistados, Vitor Damião, presidente da direção da Adega de Cantanhede, disse estar muito satisfeito e orgulhoso porque “são mais sete prémios que se vão juntar aos outros 75 já recebidos este ano”. Destacando a importância deste evento para os vinhos da região, não deixou de destacar que todas estas distinções confirmam que “as adegas não são filhos de um Deus menor e que não ficam atrás de qualquer produtor”.
“Estes prémios nacionais e estrangeiros ajudam a projetar a imagem da Adega, do concelho, mas também de toda a região”, disse, destacando que a Adega exporta já 20% da produção, para mais de 20 países: Canadá, Russia, China, entre outros.
A Adega de Cantanhede, que é já o maior produtor da Bairrada, tem como enólogo o consultor Osvaldo Amado.

Espumante Prata
Encontro Special Cuvée Branco 2010, Quinta do Encontro
Marquês de Marialva Blanc de Blancs Branco 2012, Adega Cooperativa de Cantanhede
Milheiro Selas Pinot-Noir/Cercial Branco 2011, António Selas
Montanha Real, Super-Reserva Branco 2009, Caves da Montanha – A. Henriques

Espumante Ouro
Aliança Vintage Branco 2008, Aliança Vinhos de Portugal
Casa de Sarmento Brut de Baga Branco 2009, Casa de Sarmento
Marquês de Marialva Bical / Arinto Reserva Branco 2011, Adega Cooperativa de Cantanhede
Marquês de Marialva Cuvée Branco 2010, Adega Cooperativa de Cantanhede
Primavera Unum Touriga – Nacional Branco 2012, Caves Primavera
São Domingos Baga Branco 2008, Caves do Solar de São Domingos

Vinho Branco Prata
Encontro Bical Branco 2013, Quinta do Encontro

Vinho Branco Ouro
Marquês de Marialva Reserva Arinto Branco 2013, Adega Cooperativa de Cantanhede
Quinta dos Abibes Sublima Branco 2010, Quinta dos Abibes

Vinho Rosé Ouro
Quinta do Poço do Lobo Reserva Baga / Pinot-Noir Rosé 2013, Caves São João

Vinho Tinto Prata
Marquês de Marialva Grande Reserva Tinto 2008, Adega Cooperativa de Cantanhede
São Domingos Reserva Tinto 2009, Caves do Solar de São Domingos

Vinho Tinto Ouro
Pinho Leão Tinto 2011, Casa Agrícola António Santos Lopes, Herd.
Quinta dos Abibes Sublime Tinto 2010, Quinta dos Abibes
Encontro 1 Tinto 2009, Quinta do Encontro
Marquês de Marialva Confirmado Baga Tinto 1991, Adega Cooperativa de Cantanhede
Castel Venegas Tinto 2013, Hélder Manuel Ferreira dos Santos

Melhor Espumante
Aliança Vintage Branco 2008, Aliança – Vinhos de Portugal

Melhor Espumante Baga
Casa de Sarmento Brut de Baga Branco 2009, Casa de Sarmento

Melhor Vinho
Marquês de Marialva Reserva Arinto Branco 2013, Adega Cooperativa de Cantanhede

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Mealhada, Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: José Luciano de Castro empresta nome a concurso escolar


A Câmara Municipal de Anadia vai promover um concurso escolar destinado a divulgar a vida e obra de José Luciano de Castro, no âmbito do programa de homenagem que a autarquia vem realizando neste ano em que se assinala o centenário da morte do estadista.
O certame, destinado a alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico (CEB) e do Ensino Secundário dos estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia (Agrupamento de Escolas de Anadia, Colégio Nossa Senhora da Assunção, Escola de Viticultura e Enologia da Bairrada e Salesianos de São João Bosco), surge integrado no conjunto de iniciativas que a Câmara Municipal de Anadia tem vindo a organizar com o intuito de dar a conhecer a figura de José Luciano de Castro, estimulando a curiosidade em torno da ação do estadista, bem como da época histórica em que viveu (1834-1914).
São quatro as secções a concurso: artes visuais (produção multimédia e projetos fotográficos), escultura e pintura, artes performativas (dança e música) e produções literárias (géneros narrativo e lírico), podendo cada estabelecimento de ensino apresentar, por cada nível de ensino, um máximo de 10 trabalhos (individuais ou coletivos) em cada um das referidas secções.
O prazo para a entrega dos trabalhos decorrerá entre 6 de outubro de 2014 e 20 de fevereiro de 2015, encontrando-se já aprovadas, pelo executivo municipal, as normas de participação, bem como o valor dos prémios a atribuir, que, no total, ascende a 2.400 euros, sendo atribuídos três prémios de 100 euros aos três melhores trabalhos apresentados em cada secção e por categoria, ou seja, um total de 24 prémios de 100 euros cada.
A homenagem prestada pelo município de Anadia teve início em 2013 e prolonga-se até 2015, e contempla a edição de monografias, exposições, palestras, espetáculos, um ciclo de cinema, provas desportivas, concursos e o lançamento de um espumante.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Curia Tecnoparque: Empresa de Anadia entre as finalistas de concurso de design


A Tekna Creative, sediada na Incubadora de Empresas do Curia Tecnoparque, viu o seu projeto “O Luso” reconhecido como um dos 45 finalistas do concurso de design promovido pela Galp. A empresa bairradina conseguiu destacar-se entre as mais de 1100 candidaturas recebidas a nível nacional.
O desafio lançado pela Galp a estudantes universitários e a profissionais na área do design passava pelo desenvolvimento de uma nova imagem para as garrafas de gás butano. A Tekna Creative respondeu ao desafio com o projeto “O Luso”, um personagem criado com linhas simples, inspiradas em personagens estilo Lego, em grande parte “guiado” pelas linhas da garrafa.
A garrafa foi decorada com pasta de papel, e tinta acrílica, e tem um misto de trajes típicos de Portugal, com as suas cores garridas, e um padrão estilo filigrana aplicado no seu colete dando-lhe um toque mais artístico. Pasta de papel, papel de feltro, cartão, plástico usado, fimo e tinta acrílica foram os materiais escolhidos pela Tekna Creative.
“O Luso” quer demonstrar a amistosidade do povo português, com o seu ar engraçado e amigável, a sua relação com a tradição e costumes e a sua habilidade e inteligência. Quer ainda representar os trajes garridos do folclore português, a filigrana tão bonita quanto complexa, e, ao mesmo tempo, a simplicidade que há em nós… Afinal, “O Luso” é construído com pouco mais do que pasta de papel e muita imaginação.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

ACIB promove 7.ª edição do concurso “Melhor Sobremesa com Kiwi”


A ACIB – Associação Comercial e Industrial da Bairrada vai promover a 7.ª edição do Concurso “Melhor Sobremesa com Kiwi”, a 20 de julho, pelas 15h, no recinto da FIACOBA, no Espaço Inovação, integrado no V Festival do Kiwi da Bairrada
Com esta iniciativa, a ACIB pretende promover a utilização dos kiwis na confeção de sobremesas, fomentando assim a gastronomia da região.
O concurso está dividido em duas categorias: Amadores (público em geral e associações) e Profissionais (padarias, pastelarias, restaurantes, escolas de hotelaria e profissionais da área).
Os doces vão ser apreciados/avaliados por um júri, composto por um chefe de pastelaria, um chefe de cozinha e uma entidade da área.
A avaliação terá em conta os seguintes critérios: apresentação; paladar e originalidade.
Serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados de cada categoria e certificados de participação a todos os participantes.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com