Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Concurso"

Vinhos Bairrada: “Vadio” obteve melhor classificação na Wine&Spirits


O vinho tinto Vadio Bairrada 2006, produzido pelo produtor bairradino Luís Patrão, arrecadou a nota mais alta (94 pontos) numa avaliação feita pelo crítico Joshua Greene para a prestigiada revista Wine & Spirits – edição de abril.
Na listagem dos “Melhores do Ano – Tintos Portugueses”, este tinto da Bairrada arrecadou 94 pontos, sendo o primeiro do ranking dos vinhos Bairrada mais pontuados. O produtor Luís Patrão conseguiu ainda outro feito notável, com o vinho Vadio Bairrada 2012, ao obter 91 pontos e a categoria de “Melhor Compra”.
O crítico Joshua Greene diz mesmo que este vinho tem “notas que remetem a um Barolo envelhecido”. Quanto ao Vadio tinto 2012, o crítico também não lhe poupa elogios: “É encorpado e delicioso”, diz.

Projeto Vadio tem 11 anos. O projeto Vadio está situado na aldeia da Poutena, no concelho de Anadia. Trata-se de um pequeno projeto familiar fundado por Luís Patrão, enólogo na Herdade do Esporão. Tem como elemento essencial a recuperação das castas tradicionais, especialmente a Baga e a produção de autênticos vinhos DOC Bairrada.
O projeto teve início em 2005, com uma pequena parcela de 5 hectares de uma vinha familiar de mais de 60 anos. Hoje, são 4,5 hectares de vinhas e contratos com pequenos produtores locais. Todas as parcelas de baga são plantadas exclusivamente em solos árgilo-calcáreo e praticam uma viticultura sustentável.
Os vinhos apresentam um estilo clássico, que pretende respeitar a autenticidade da região e o caráter das castas que lhe dão origem.
A JB Eduarda Dias, do Projeto Vadio, confessou ter ficado muito satisfeita com o reconhecimento: “Trabalhamos diariamente para que os nossos vinhos tenham qualidade e é sempre bom que seja reconhecida, ainda mais numa publicação como a Wine & Spirits.”
A JB acrescentou que o crítico norte-americano conheceu os vinhos Vadio através do contacto realizado com o distribuidor desta marca nos EUA, que enviou para o painel da prova da Revista os dois vinhos.
“Não é fácil os vinhos portugueses obterem boas classificações, passar a barreira psicológica dos 90 é ótimo, tudo o que vier acima é melhor ainda”, admite Eduarda Dias, para quem estas pontuações terão, naturalmente, repercussões na notoriedade da marca e dos vinhos Vadio.
“Para o mercado da América do Norte, este tipo de pontuações é indispensável. São selos de garantia para um consumidor que desconhece Portugal, as nossas castas autóctones e consequentemente a qualidade dos nossos vinhos. Obviamente que 94 pontos não garantem a venda de toda a produção, mas é uma ótima ferramenta de comunicação e ativação da marca. Portugal, e a Bairrada em particular, precisam de muitos 94 pontos para que a imagem de qualidade dos vinhos passe para o conhecimento comum do consumidor final destes mercados, e não apenas dos profissionais do mundo do vinho”.
O Vadio Tinto 2006 é uma reserva de 10% da produção que é relançada quando a colheita completa os 10 anos. “Tomámos esta decisão de guardar esta reserva para mostrar o potencial da Baga para envelhecer e criar vinhos únicos”, sublinha. O 2012 é a colheita que estão já a comercializar atualmente.

Outros Bairrada premiados

Recorde-se que para além dos dois vinhos Vadio, a Bairrada obteve ainda excelentes classificações com vinhos da Adega Campolargo, produtores Ataíde Semedo e Luís Pato e Aliança Vinhos de Portugal.
Assim, o vinho Bairrada da Adega Campolargo “Rol de Coisas Antigas 2011” obteve 92 pontos. Também o Bairrada 2013 do produtor Ataíde Semedo obteve 90 pontos e a designação de “Melhor Compra”, o mesmo acontecendo com o vinho Beira Atlântico Colheita Seleccionada 2012 do produtor Luís Pato. O Bairrada Reserva Aliança 2013 obteve 88 pontos e também a designação de “Melhor Compra”.07

CC

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Vem aí o “Anadia’s Junior Talents” 2016


Dar a conhecer os especiais talentos dos jovens do concelho no domínio das artes performativas é o objetivo do concurso “Anadia’s Junior Talents”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Anadia, a realizar de forma faseada e que culminará num grande espetáculo agendado para o próximo dia 10 de junho, no Cineteatro Anadia.
O projeto, organizado pela Câmara Municipal de Anadia, em parceria com as escolas do concelho, destina-se a revelar jovens com especiais aptidões artísticas na música, no canto, na dança, no teatro e noutras disciplinas performativas.
Podem concorrer alunos dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, matriculados no Agrupamento de Escolas de Anadia, na Escola de Viticultura e Enologia da Bairrada, no Colégio de Nossa Senhora da Assunção, e nos Salesianos de Mogofores, bem como jovens residentes no concelho de Anadia que frequentem os mesmos graus de ensino noutras escolas. A participação pode ser feita de forma individual ou coletiva (máximo de 30 elementos).

Início com a “Fase Escola”. O certame terá início com a “Fase Escola”, que decorre até 20 de maio e que servirá para selecionar 14 finalistas e quatro semifinalistas das quatro escolas do concelho.
Os alunos residentes no concelho, mas que frequentem outras escolas, poderão participar, a 1 de junho, numa “Fase Intermédia”, juntamente com os semifinalistas escolhidos na fase anterior, sendo, então, apurados mais quatro finalistas.

“Fase Final”. A “Fase Final”, que terá lugar no dia 10 de junho, juntará no palco do Cineteatro Anadia os 18 finalistas do concurso, cujas prestações serão avaliadas por um júri designado pela autarquia.
As inscrições para a “Fase Escola” estão já a decorrer, podendo os jovens interessados em participar neste concurso consultar as normas respetivas no website do Município de Anadia (Serviços > Juventude) ou nas escolas do concelho, devendo inscrever-se no prazo definido por cada uma destas.
Para além de pretender dar a conhecer o talento dos jovens de Anadia, a realização do concurso visa também contribuir para o seu desenvolvimento pessoal aos mais diversos níveis, para a promoção do seu sucesso educativo, e para o fomento da interação entre os elementos da comunidade educativa do concelho, à semelhança do que vem sendo feito noutros projetos municipais destinados a estas faixas etárias.
Por outro lado, o “Anadia’s Junior Talents” integra-se no espírito do programa “Sentir Anadia”, que se define como um “elemento orientador, aglutinador, interlocutor e catalisador de toda a atividade municipal nos domínios cultural, desportivo e social, e ainda no âmbito da juventude, do empreendedorismo e do desenvolvimento local”, e que tem como objetivo “incentivar o aparecimento de projetos inovadores, intrinsecamente ligados à realidade e às necessidades do concelho, cuja qualidade origine um efeito disseminador dentro e fora do Município de Anadia.”
Todos os interessados podem consultar as normas em http://www.cm-anadia.pt/…/CM-Anadia_AnadiasJuniorTalents201.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

O. Bairro/Anadia: Katem e Sapataria Salto Alto vencem concurso de Montras de Natal


 

A loja de roupa Katem e a sapataria Salto Alto foram as vencedoras dos Concursos de Montras de Natal em Oliveira do Bairro e Anadia, respetivamente, que a ACIB – Associação Comercial e Industrial da Bairrada promoveu, em parceria com as Câmaras Municipais, de 14 a 25 de dezembro.
O resultado do concurso de montras foi o seguinte:
Oliveira do Bairro: 1.º Classificado – Katem; 2.º– Glory’s; 3.º– Trapos e Farrapos.
Anadia: 1.º Classificado – Sapataria Salto Alto; 2.º – Pó D’Arroz; 3.º – Papelaria Lita.
Tanto em Anadia como em Oliveira do Bairro, o concurso teve uma adesão significativa por parte dos comerciantes, que assim contribuíram para tornar o comércio tradicional mais apelativo durante o Natal e embelezar as ruas dos concelhos de Anadia e Oliveira do Bairro, o que prova que o comércio tradicional está vivo e ativo.
Participaram no concurso de montras os seguintes estabelecimentos:
Oliveira do Bairro – Atelier de Moda, ElectroSilvério e Óptica Pereira em Bustos; Glory’s, Oiã Kids e Supermercado Super Poupança em Oiã; Ginóflorista, Glam, Impressão Tua, Katem, Mundial Óptica, Naturadélia, Óptica Arromba, Óptica Ruivo e Trapos e Farrapos.
Anadia – Aliópticas, Atelier O Corpete, Bairrinformática, Boutique Nelly, Casa das Meias, Farmácia Agrícola, Faz-me Festas, Florista Floral de Anadia, Galeria (Curia), Lojas M. Silva, M. Silva Home, Mascote Portuguesa, Nextzótica, Papelaria Cesário, Papelaria Lita, Pó D’Arroz, Sala Sete, Sapataria Salto Alto, Vei-Gás e Yeap Store.
Além dos Concursos de Montras, encontra-se ainda a decorrer o Sorteio de Natal, até 31 de dezembro, com prémios aliciantes para os consumidores do comércio tradicional.
O Sorteio de Natal do Comércio Local consiste na entrega de uma senha, ao cliente, por cada 10 euros de compras efetuadas durante esse mês, nas lojas aderentes, que o habilitará ao sorteio de vários prémios.
As senhas, depois de devidamente preenchidas e carimbadas pelas lojas, deverão ser depositadas nas caixas, devidamente lacradas, que se encontram nas lojas aderentes.
Lojas Participantes no Sorteio de Natal:
Aliópticas, Papelaria Lita, Vei-gás, Nextzótica, Farmácia Agrícola, Pó D’Arroz e Boutique Nelly de Anadia; Congelados Moreira – Loja de Bustos, ElectroSilvério, Retrosaria Rosel, Atelier de Moda e Pinóquio de Bustos; Supermercados Ponto Fresco de Mamarrosa/Oiã; Supermercado Super Poupança e OiãKids de Oiã; Óptica Ruivo, Ginóflorista,New Look, Óptica Arromba, Naturadélia, Electro Santos, Mundial Óptica, Ourivesaria Paraíso, Glam, Lialsan, Impressão Tua, Katem, Husqvarna – Flávio Silva, Atelier das Emoções de Oliveira do Bairro, CALCOB do Troviscal e Manuel Tavares Rosário de Malhapão.
Estas atividades durante a época natalícia são uma forma de dinamizar o comércio local dos concelhos de Anadia e Oliveira do Bairro e de incentivar o consumo nos estabelecimentos dos dois concelhos.
O Natal 2015 da ACIB tem o apoio das Câmaras Municipais de Anadia e de Oliveira do Bairro, bem como o patrocínio do Intermarché (Oliveira do Bairro), Supermercados Ponto Fresco (Mamarrosa/Oiã), Vei-Gás (Anadia), ElectroSilvério (Bustos), Lavandaria Bela Oiã (Oiã), Casa do Sargento (Malaposta), Perfumaria Pó D’Arroz (Anadia), Perfumaria Naturadélia (Oliveira do Bairro), CALCOB (Troviscal), A Bolseira (Mamodeiro), Caixas de Crédito Agrícola de Anadia e de Oliveira do Bairro, Rádio Província e Jornal da Bairrada.

Posted in Anadia, Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Oito vinhos Bairrada premiados no concurso “Escolha da Imprensa” no Encontro com o Vinho e Sabores


Este ano, foram oito os vinhos da Bairrada que se destacaram no Concurso Escolha da Imprensa 2015, organizado mais uma vez pela Revista de Vinhos, no âmbito do Encontro com o Vinho e Sabores, que decorreu de 30 de outubro a 2 de novembro, no Centro de Congressos de Lisboa.
Nesta 16.ª edição do evento promovido pela Revista de Vinhos, o destaque vai para os oito vinhos da região da Bairrada distinguidos com o Prémio Escolha da Imprensa.
De sublinhar que, de acordo com a Revista de Vinhos, “este ano foram batidos todos os recordes: de participação e de jurados. Entraram 357 vinhos, em cinco categorias (espumantes, brancos, rosés, tintos e fortificados). E o júri foi constituído por 34 provadores de todo o leque de órgãos de comunicação social do país, desde a especialidade até aos blogs de assumidamente pendor vínico.”
A entrega de prémios foi realizada no primeiro dia do Encontro com o Vinho e Sabores e os vinhos premiados estiveram em degustação livre ao público durante os quatro dias do evento.
Aqui deixamos a lista dos premiados da região da Bairrada:
ESPUMANTES: Aliança Vintage Bairrada branco 2010 (Aliança – Vinhos de Portugal); Primavera Baga-Bairrada branco 2013 (Caves Primavera); Regateiro Bairrada branco 2013 (Ares da Bairrada) e São Domingos Cuvée Bairrada branco 2011 (Caves do Solar de São Domingos).
BRANCOS: Aveleda Reserva da Família Bairrada 2014 (Aveleda).
ROSÉS: Quinta do Poço do Lobo Bairrada Baga Pinot Noir Reserva 2014 (Caves São João).
TINTOS: 2221 Terroir Cantanhede Bairrada 2011 (Adega Cooperativa de Cantanhede) e Foral de Cantanhede Gold Edition Bairrada Baga Grande Reserva 2009 (Adega Cooperativa de Cantanhede).

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Mealhada, Por Terras da Bairrada, Região, VagosComments (0)

Grande Medalha de Ouro para espumante “Lopo de Freitas” branco 2010


Durante o Encontro com o Vinho e Sabores Bairrada, que decorreu de 11 a 13 de setembro, no Velódromo Nacional, em Sangalhos, foram promovidos dois concursos: o ‘Concurso de Espumantes Bairrada 2015’ e o ‘Concurso Carta de Vinhos Bairrada 2015’.
No que toca aos espumantes, a Grande Medalha de Ouro foi arrecadada pelo ‘Lopo de Freitas branco 2010’ das Caves do Solar de São Domingos. Seguiram-se as medalhas de ouro, cinco, em três categorias. ‘Quinta dos Abibes branco 2011’, do produtor com o mesmo nome, foi o melhor espumante com estágio até 24 meses, sendo ainda destacados nesta categoria o ‘Marquês de Marialva branco 2014’ (Adega de Cantanhede) e o ‘Messias Grand Cuvée branco 2012’ (Caves Messias).
Na categoria de espumantes com estágio igual ou superior a dois anos foram atribuídas três medalhas de ouro: ‘Grande Borga branco 2010’ (Campolargo), o ‘Montanha Real Grande Reserva branco 2009’ (Caves da Montanha) e o ‘Rama Special Cuvée Blanc de Blancs branco 2011’ (J. Rama), sendo de destacar o facto de ‘Lopo de Feitas’ também se inserir nesta categoria. Baga, a casta bandeira da região levou a concurso vários espumantes tendo-se destacado, com ouro, o ‘Primavera Baga-Bairrada Extra Bruto branco 2013’, lançado precisamente no evento.
Na ocasião, Alexandrino Amorim, das Caves Solar de São Domingos, diria ser “um enorme motivo de orgulho o prémio que recebemos. É um Lopo de Freitas, um espumante que fazemos há dez anos, sempre com altíssimo nível. Já no ano passado, foi reconhecido em Lisboa, e agora aqui.”

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Ideia de negócio do IPB vale 3.º em concurso regional


O IPB – Instituto Profissional da Bairrada, em representação da região de Aveiro, foi o vencedor do terceiro prémio, com a ideia de negócio GCO – Garbage Collect Optimizer, no Concurso Regional de Ideias de Negócio para a População Escolar da Região Centro, promovido pela CCDRC. Este concurso tem como objetivo sensibilizar e motivar os jovens para a inovação e o empreendedorismo, promovendo a iniciativa e o dinamismo nas comunidades onde se inserem. A concurso estiveram projetos de grande qualidade, representantes de seis regiões – Aveiro (3.º); Coimbra (2.º); Leiria; Médio Tejo (1.º); Oeste e Viseu Dão Lafões.

Resultados. Nuno Santos, diretor do IPB, visivelmente satisfeito pela conquista, diz que “para os alunos, do Curso Profissional – Técnico de Eletrónica, Automação e Comando, que estão no primeiro ano de formação, foi mais um dia de destaque, aprendizagem, divertido e competitivo”.
Nuno Santos refere que “o IPB por opção, e cumprindo um plano de atividades dinâmico e enérgico, ao longo do ano letivo, tem marcado presença em vários «palcos» com resultados francamente animadores, que provavelmente poucos esperariam para um primeiro ano de atividade”.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Trabalho multimédia vale primeiro prémio à turma de Artes da Secundária de Anadia


 

A Turma do 12.º C (Artes), da Escola Secundária de Anadia, foi a grande vencedora do concurso escolar José Luciano de Castro, promovido pela Câmara Municipal de Anadia.
A turma concorreu na secção de Artes Visuais com um inédito e arrojado trabalho multimédia, “José Luciano de Castro – QR Codes espalhados por Anadia”, arrecadando, sem dificuldade, o primeiro lugar.
A entrega de prémios teve lugar no passado dia 18, no salão nobre dos Paços do Concelho.
Nesta que foi a primeira edição do concurso, foram ainda distinguidas no 3.º CEB, na Secção de Escultura e Pintura, três alunas do Colégio Nossa Senhora da Assunção – Famalicão. Foram elas: Maria Matilde Dias Dinis, 8.º A, com o pseudónimo “Minnie”, Catarina Fernandes Lourenço, do 9.º B, com o pseudónimo “Safira” e Maria José Trindade Figueiredo Torres, 8.º C, com o pseudónimo “Laura.”
No total, apresentaram-se a concurso 21 trabalhos de alunos do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário dos estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia. Mas não tendo sido submetidos a concurso quaisquer trabalhos nas secções de artes performativas e produções literárias, a disputa acabou por se centrar na área da escultura e pintura e no domínio das artes visuais.
Os trabalhos poderiam ter um caráter individual ou coletivo, e seriam atribuídos três prémios de 100 euros aos três melhores trabalhos apresentados em cada secção e por categoria.

Viajem no tempo. Na ocasião, o diretor de turma, professor Artur Costa, da Escola Secundária de Anadia referiu-se ao trabalho elaborado pela turma de Artes, que concorreu na categoria de Artes Visuais (produção multimédia). Trata-se de um projeto online, ou seja, todo o material gerado encontra-se disponível na internet, apenas sendo possível visualizá-lo com recurso a algum dispositivo eletrónico com acesso à internet, como um computador, um smartphone ou tablet.
“Os únicos vestígios visíveis do projeto são os pequenos códigos QR espalhados por alguns espaços públicos de Anadia e no espaço do Museu José Luciano de Castro”, explicaria.
Segundo o docente Artur Costa, “o objetivo foi aproveitar a potencialidade da utilização dos códigos QR em prol do Museu José Luciano de Castro, da Santa Casa de Misericórdia de Anadia”.
Para além da produção de audio-guias para que os visitantes do Museu pudessem, ouvindo, ser guiados por uma visita ao Museu (Português/Inglês), foi criado um site de suporte ao projeto, onde foram alojados os audio-guias e disponibilizados textos e informações recolhidas. O trabalho realizado por estes alunos permite ainda que fotografias antigas de Anadia, expostas no Museu José Luciano de Castro, possam ser vistas, utilizando o telemóvel, como são hoje em dias aquelas paisagens, edifícios, praças, etc.
“Uma coisa puxa à outra e , de repente, já estávamos a fazer também o contrário, a colocar códigos QR em certos locais de Anadia, onde o turista, o curioso, pode com o telemóvel viajar no tempo e ver como era aquele espaço antigamente, remetendo-o para a fotografia que se encontra exposta no Museu”.

Fusão de várias disciplinas. Também o docente Jorge Humberto, da direção do Agrupamento de Escolas de Anadia, partilharia o orgulho e satisfação no prémio, destacando a oferta formativa da ESA, na vertente das Artes, salientando que o trabalho vencedor “faz a fusão de várias áreas disciplinares: História, Arte, Multimédia, Turismo, Inglês, Português”. Um projeto que considerou de “excelência” e que ajuda a construir a imagem de marca da própria escola.

Iniciativas bastante profícuas. Na ocasião, a irmã Idalina Faneca, diretora pedagógica do Colégio Nossa Senhora da Assunção, salientaria a importância dos vários concursos promovidos pela Câmara Municipal e dirigidos aos vários estabelecimentos de ensino, felicitando alunos, professores e escolas pelos resultados obtidos.
Na sua opinião, “é através destas áreas que os alunos se desenvolvem imenso e as escolas progridem”, já que são desafios que estimulam alunos a criar.
Também Dário Tavares, diretor pedagógico dos Salesianos de Mogofores, se mostrou bastante satisfeito com os trabalhos e resultado do concurso, porque não só contribui para um maior conhecimento sobre José Luciano de Castro, mas porque também são “iniciativas destas que dão a conhecer as figuras ilustres do concelho”, acreditando que José Luciano de Castro ficaria muito satisfeito e orgulhoso com os trabalhos realizados.

Trabalhos brilhantes. A edil Teresa Cardoso recordou aos alunos, professores e pais presentes na cerimónia que terminava naquele dia o ciclo evocativo que o município de Anadia desenvolveu a propósito do centenário da morte do conselheiro, com o intuito de dar a conhecer a figura de José Luciano de Castro, bem como de estimular a curiosidade em torno da ação do estadista e da época histórica em que viveu (1834-1914).
A edil anadiense referiu-se ainda aos trabalhos apresentados como “brilhantes” e de grande qualidade: “uma agradável surpresa e tarefa árdua para o juri”.
Sublinhando que o concurso, na sua primeira edição, até tinha prémios modestos “face ao talento e qualidade dos trabalhos apresentados”, mostrou-se satisfeita com o enorme talento, empenho e dedicação dos alunos, mas também a dedicação dos professores, que dinamizaram e incentivaram os alunos.
A terminar, deixaria um desafio aos alunos de Artes da ESA. O excelente trabalho realizado poderá valer-lhes um outro desafio, agora feito diretamente pela presidente de Câmara: “talvez vos desafie para um outro trabalho sobre o tema Anadia na Rota do Espumante”, com vista a que seja estabelecida uma rota para este que é um dos produtos mais emblemáticos do concelho.
Os trabalhos em exposição podem ser apreciados na Câmara Municipal até ao próximo dia 27 de março, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 13h e das 14h às 17h30.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)

Câmara promove concurso para fotografar Anadia, capital do espumante


Decorre até ao próximo dia 28 de março, o 3.º Concurso Municipal de Fotografia “Olhar Anadia”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Anadia que culminará numa exposição dos 50 melhores trabalhos, a inaugurar em maio de 2015.
A Câmara Municipal de Anadia lança mais uma edição deste certame que tem desempenhado um papel preponderante na promoção e valorização do património cultural, social, paisagístico e económico do concelho de Anadia.
E, dado que, em 2015, se assinalam os 125 anos da Produção do Espumante em Anadia, o 3.º Concurso Municipal de Fotografia “Olhar Anadia” será subordinado ao tema ”Anadia, Capital do Espumante”, tendo sido eleito como mote principal dos trabalhos a apresentar o registo fotográfico de caves e produtores do concelho de Anadia ligados à produção de Vinho Espumante.
Destinado a estimular novos olhares e novas perspetivas sobre o concelho, e também a ampliar o repositório fotográfico do município, o concurso está aberto à participação de todos os fotógrafos (amadores e profissionais), abrangendo duas secções – a cores e a preto e branco e podendo, cada participante, concorrer com um máximo de três fotografias em cada secção.
Os trabalhos deverão ser entregues até ao dia 28 de março e, após a seleção feita pelo júri, as 50 melhores fotografias serão expostas numa mostra a inaugurar no mês de maio, na Biblioteca Municipal de Anadia, no âmbito da celebração do feriado municipal. A ficha de inscrição e as normas de participação estão disponíveis nas páginas web da autarquia (www.cm-anadia.pt) e da biblioteca (www.bm-anadia.pt), e os interessados poderão obter mais informações junto do secretariado do concurso, através do 231 519 090 ou geral@bm-anadia.pt.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: 3.º Concurso Municipal de Fotografia “Olhar Anadia”


A Câmara Municipal de Anadia vai levar a cabo a 3.ª edição do concurso municipal de fotografia “Olhar Anadia”, cuja missão é a promoção e a valorização do património cultural, social, paisagístico e económico do município de Anadia.
O executivo aprovou na última reunião, por unanimidade, as normas de participação neste concurso.
Em 2015 o concurso terá como tema “Anadia Capital do Espumante”, na medida em que se assinala os 120 anos da produção do espumante em Anadia.
Assim, os trabalhos deverão ser registos fotográficos de Caves e produtores do município, ligados à produção de vinho espumante.
O concurso está aberto a fotógrafos profissionais e amadores, que podem concorrer nas secções de cor e preto e branco.
Os trabalhos devem ser entregues até ao dia 28 de março de 2015 e a seleção das melhores fotos será feita por um júri que escolherá as 50 melhores fotografias que vão dar lugar a uma exposição a inaugurar em maio, na Biblioteca Municipal de Anadia, no âmbito da celebração do feriado municipal.
Os prémios variam entre os 300 e os 100 euros em ambas as categorias.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Lions Clube da Bairrada promove concurso literário sobre a Paz


Há mais de 25 anos que a Associação de Lions Internacional instituiu o Concurso do Cartaz sobre a Paz, com grande impacto em todos os Clubes do Mundo.
O Lions Clube da Bairrada, desde 1996, tem participado ativamente, exaltando o valor da Paz, lançando sementes de compreensão e não-violência entre as pessoas, as famílias e as nações, junto das escolas, professores e alunos do 2.º ciclo, com a efetivação deste concurso.
Por diversas vezes foram noticiadas as escolas, os professores e os alunos envolvidos e muitas vezes alguns dos estudantes participantes foram premiados a nível local e distrital.
Neste início de ano letivo já todas as escolas dos municípios de Anadia e Oliveira do Bairro foram visitadas, sendo expectável, mais uma vez, a sua participação. A abordagem do tema “Paz, Amor e Compreensão” pode ajudar a consolidar a ideia de sensibilizar os nossos jovens para a necessidade de construção da Paz.
Mas este ano surge mais uma iniciativa, lançada pelo Distrito Múltiplo 115 (Portugal), que vem acrescentar valor ao tema. Trata-se do Concurso Literário sobre a Paz, que pretende motivar os estudantes para, em paralelo com a expressão plástica, transmitir, também através da escrita, a sua sensibilidade para o tema escolhido, dando maior ênfase à pretensão que é a de valorizar a Paz no Mundo.
Os requisitos de participação, em forma de regulamento, encontram-se já na posse dos professores. Além dos prémios, que serão atribuídos às composições julgadas de maior mérito, por júri isento, há ainda a hipótese da edição de um livro de que elas façam parte.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

É assinante do Jornal da Bairrada?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com