Quatro pessoas estão desaparecidas na sequência do naufrágio de uma embarcação de pesca lúdica ao largo de Aveiro, disse hoje à Lusa o porta-voz do Estado-Maior da Armada.

Um sobrevivente foi recolhido após 19 horas na água, estando no local meios da Marinha e da Força Aérea, referiu o comandante João Barbosa.

A embarcação “Super Águia 2”, um barco de pesca lúdica com seis metros de comprimento, saiu do daquele porto às 6h de domingo, com cinco tripulantes.

“O alerta foi dado por um familiar, cerca das 23:30, uma hora depois do horário previsto de chegada ao Porto de Aveiro, tendo a Marinha activado os meios de busca e salvamento e alertado as restantes embarcações” de pesca ao largo, para o desaparecimento de cinco pessoa, explicou o comandante.

Uma outra embarcação de pesca “recolheu um sobrevivente que tinha um colete salva vidas vestido, cerca das 4h30”, a cerca de sete milhas náuticas do Porto de Aveiro.

O náufrago afirmou que o “barco de pesca afundou às 9h30 da manhã de domingo”, referiu o oficial da Armada.

No local, estão um helicóptero EH-101, da Força Aérea Portuguesa, o navio patrulha “Zaire”, a corveta “Baptista de Andrade” e lanchas da Polícia Marítima além de outras embarcações de pesca que colaboram nas buscas, concluiu o comandante João Barbosa.


Ver Sem título num mapa maior