Foi a primeira actividade conjunta do Agrupamento de Escolas de Anadia, realizada na sexta-feira, dia 15 de Outubro. Como tem ocorrido em anos anteriores, quando ainda apenas organizada no Agrupamento de Escolas de Vilarinho do Bairro, a Mostra de Sopas foi uma actividade que englobou a comunidade educativa das três grandes escolas do novo Agrupamento: Secundária, EB 2,3 de Anadia e EB 2,3 de Vilarinho do Bairro (a chamada Básica n.º 2).
Desenrolou-se no âmbito do Projecto Educação para a Saúde, pela 4.ª vez em Vilarinho, escola pioneira nesta actividade. Tinha como principais objectivos: comemorar o Dia Mundial da Alimentação; fomentar a adopção de comportamentos e hábitos alimentares saudáveis; sensibilizar a comunidade educativa para a importância da sopa na alimentação quotidiana; promover a recuperação do uso da sopa nos hábitos alimentares das famílias e ainda o envolvimento dos Pais no Projecto de Educação para a Saúde.
Sendo esta uma actividade já com tradição em Vilarinho do Bairro, interessará referir que a adesão nas outras duas escolas foi muito positiva. Assim, na Secundária e na Básica de Anadia houve respectivamente 21 e 33 sopas (sem referir as da cantina), contabilizando-se mais de 115 pessoas a alimentarem-se só de sopa. Vilarinho apresentou um número intermédio de sopas (26), mas passou de 100 o número de participantes!
Ainda relativamente à Secundária, a maior fatia de turmas participantes pertencia ao 3.º CEB, contando-se ainda com a participação dos grupos disciplinares de Ciências Experimentais e de Educação Moral e Religiosa Católica, para além do Departamento de Línguas. De realçar, ainda, que os alunos de Artes do 10.º ano participaram, apresentando cartazes alusivos ao Dia da Alimentação. O Grupo de Ciências elaborou uma roda dos alimentos com os respectivos produtos afixados.
Algumas das sopas desta escola fogem um pouco do normal, podendo destacar-se, a título de exemplo, a “sopa ucraniana”.
O destaque vai ainda para uma Directora de Turma, que apresentou a “Sopa da Pedra”, servindo-a vestida de monge. E uma Encarregada de Educação ofereceu um cesto de boroa caseira.
No que se refere à Básica de Anadia, deve realçar-se que apenas três turmas não participaram na actividade, mas também que houve várias que apresentaram duas ou três sopas!
Relativamente à Básica de Vilarinho do Bairro, este foi o quarto ano em que desenvolveu esta actividade. Aqui todas as turmas estiveram representadas com (pelo menos) uma sopa, havendo algumas turmas que apresentaram duas e mesmo uma turma do 5.º Ano serviu três sopas.
O Presidente da Comissão Administrativa Provisória fez questão de marcar presença nas três escolas do Agrupamento, provando algumas das sopas disponíveis.
O balanço final da actividade é muito positivo, o que pode ser verificado pela análise de um questionário de avaliação da actividade, respondido em todas as escolas. Foi unanimemente classificada como muito interessante, respondendo às expectativas, devendo continuar a realizar-se nos próximos anos.
A comissão organiza-dora agradece a todos o empenhamento evidenciado, com destaque para os Encarregados de Educação. Não esquecendo, é óbvio, os docentes, que prontamente respondem aos desafios que o grupo de trabalho do PES lhes faz.
Aliás, o grupo de trabalho do PES considera que, com o desenvolvimento desta actividade, está a trabalhar para “Construir uma Escola humanizada e rica em Valores, onde se desenvolva um bom clima de relações interpessoais e a formação integral (saber, saber-ser, saber-estar, saber-fazer). Pretende-se contribuir para uma Escola aberta e dinâmica que promova a interacção com a Família e com o Meio, a adaptação à mudança, o trabalho em equipa”.

Rui Godinho