O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Anadia deteve, na madrugada da última terça-feira, cerca das 5h, dois indivíduos, de 26 e 27 anos, residentes em Fermentelos e em Oiã, por suspeita de furto de cobre.

Os militares apreenderam ainda diverso material que tinha sido furtado numa zona de antenas de telemóvel na zona de Cantanhede.
De acordo com a fonte, a detenção ocorreu, cerca das 5h, na Rua da Estação em Oiã, quando os militares detectaram um veículo já referenciado pela prática destes furtos. À ordem de paragem, os indivíduos fugiram, mas acabariam por ser imobilizados um quilómetro depois.

Os indivíduos, já referenciados por vários crimes de roubo à mão armada, foram constituídos arguidos.Nessa mesma noite, a patrulha da GNR de Oliveira do Bairro, com a colaboração dos NIC, identificou quatro indivíduos, todos da mesma família, que se encontravam a “queimar” cobre, no local ermo da zona industrial de Oiã. Os indivíduos, 20, 28, 39 e 42 anos, residentes na Costa do Valado, foram identificados, não tendo sido apurada a origem de 30 quilos de cobre, entretanto apreendidos, que estavam em seu poder. Contudo, os militares estão a investigar a proveniência do material furtado.