Um casal, na casa dos 30 anos, ficou ferido com gravidade na sequência da derrocada de um velho muro de adobos, no quintal da casa onde residem, em Paredes do Bairro, no concelho de Anadia.
Marco Paulo Tavares, de 34 anos e a sua esposa, Marilene Baptista, de 32 anos, ficaram feridos com gravidade, após a queda do muro em adobos, no quintal da casa alugada onde residem, na Rua do Agueiro.
A queda do muro deu-se por volta das 10h30, na altura em que o casal se deslocava ao quintal da casa para amanhar limões.
“Assim que abriram a cancela para ir apanhar limões o muro velho, em adobos, cedeu e caiu”, contou a JB António Moreira Tavares, pai de Marco Paulo, incrédulo com o sucedido, já que o casal poucos minutos antes tinha estado a falar consigo.
“O Marco trabalha numa empresa de montagem de portões e automatismos e a esposa está desempregada. Ele é o sustento da casa, tinha tirado o dia para tratar de uns assuntos pessoais e agora acontece isto”, lamenta António Tavares dando conta que por sorte, a neta, de seis anos, já estava na escola quando se deu o sinistro.
Nenhum dos sinistrados ficou soterrado pelos adobos: “o meu filho ficou logo encostado à parede e a minha nora, que levou com um adobo na cabeça, ainda teve força para chegar à rua e pedir socorro aos vizinhos”.
No local estiveram duas ambulâncias, uma do INEM e outra dos Bombeiros Voluntários de Anadia que transportaram o casal para o Hospital da Universidade de Coimbra.
Segundo apurámos, o casal, que esteve sempre consciente, queixando-se de dores na cervical, crânio e nos membros superiores e inferiores.
A GNR de Anadia esteve no local e tomou conta da ocorrência.

Catarina Cerca