O vereador do PS, Manuel Borras, defendeu, na penúltima quinta-feira, na reunião de Câmara, que a autarquia oliveirense não proceda este ano à instalação luminosa de Natal. “Tem sido bonito, mas, em tempos de crise, estamos convictos de que os munícipes preferem sentir que a sua Câmara Municipal também “aperta o cinto”, nomeadamente nas iniciativas que podem ser consideradas supérfluas”, afirmou o vereador.

“Recordo-me de ter lido no Jornal da Bairrada que a Câmara iria, este ano, fazer uma redução de 25% nas despesas com a iluminação de Natal. A nossa sugestão, é que a Câmara Municipal não proceda, este ano, a essa instalação luminosa”.

O presidente da Câmara oliveirense, Mário João Oliveira, esclareceu que “este ano a redução da iluminação de Natal será de 20%, para o ano se verá”.