Duas pessoas morreram num acidente na localidade Tabuaço, concelho de Vagos, cerca da meia-noite de domingo, elevando para 10 o número de mortos na Operação Natal da Guarda Nacional Republicana.

Um automóvel ligeiro despistou-se numa estrada perto da localidade de Tabuaço, concelho de Vagos.

As vítimas têm idades compreendidas entre os 20 e os 25 anos, e são residentes no concelho de Oliveira do Bairro.

Além dos dois mortos, o acidente provocou ainda três feridos que foram transportados para o hospital de Aveiro, desconhecendo-se a gravidade dos ferimentos.

Os Bombeiros Voluntários de Vagos, auxiliados pelos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Bairro, foram obrigados a utilizar material de desencarceramento para retirar os três feridos ligeiros, e, mais tarde, as vítimas mortais.

A Brigada do Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação esteve no local para apurar as causas do acidente.

A Operação Natal da GNR arrancou à meia-noite de quinta-feira e prolonga-se até à meia-noite de hoje, com a Guarda a aconselhar os condutores a terem prudência na estrada.

Ao patrulhar as estradas nesta época, a GNR estará particularmente atenta ao controlo da velocidade, à habilitação legal para conduzir, à condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas, bem como ao cumprimento das regras de trânsito.

Segundo a GNR, sabendo que as festividades ligadas ao Natal provocam um aumento significativo de tráfego rodoviário que potencia uma maior insegurança nas estradas, os militares estarão também atentos na fiscalização à não utilização do cinto de segurança e sistemas de retenção e à utilização indevida de telemóveis durante a condução.