A comunidade educativa anadiense (sobretudo professores, pessoal não docente, pais, encarregados de educação e alunos da Escola Secundária de Anadia – ESA e da Escola Básica n.º 2 de Anadia) abraçaram mais uma causa solidária e estão a colaborar ativamente numa campanha que visa angariar fundos para adquirir vários equipamentos técnicos para melhorar a qualidade de vida de uma criança de Cantanhede (residente em Ançã), com graves problemas de saúde.
A Ritinha tem 22 meses e foi-lhe diagnosticado com apenas cinco meses lisencefalia, microcefalia, síndrome de West (epilepsia), entre outros problemas que a impedem de ter um desenvolvimento como as outras crianças.
É exatamente por causa destes problemas que a Ritinha não consegue ficar sentada, não consegue andar, segurar a cabeça ou falar.
Nesta luta tem a seu lado apenas a mãe, que com 21 anos e escassos recursos, se aventurou nesta campanha de angariação de fundos que está a contar com o apoio de amigos de vários cantos da região.
A viver apenas com a mãe e com o apoio da avó, todas as ajudas são bem vindas para conseguir adquirir o equipamento específico e muito caro, precisando da ajuda de todos.

Plásticos, tampinhas e papel. A ajuda está a ser feita através da campanha de recolha de plásticos (garrafas e garrafões de água e de sumo e de detergente), mas também tampinhas, papel e cartão.
Em Anadia, o apoio a esta criança partiu da professora Manuela Monteiro, Coordenadora das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Anadia que, ficando sensibilizada com o caso, o apresentou na Biblioteca da ESA. “Em outubro envolvemo-nos ativamente nesta causa, até porque o projeto educativo da Biblioteca Escolar integra o projeto social, designado de «Biblioajudaris» que pretende desenvolver nos alunos o sentido dos valores da partilha e da solidariedade”, diz, revelando que, depois de em anos anteriores já ter ajudado um aluno universitário e uma professora de História desempregada, chegou agora a vez de colaborar nesta campanha de recolha de papel e tampinhas para a pequena Ana Rita, de 22 meses.
“Todos podemos e devemos ajudar. A menina precisa com urgência de uma cadeira de transporte adequada às suas necessidades, mas também de uma cadeira de banho e outra de estar”, avança a docente.
Manuela Monteiro revela ainda que um grupo de amigos está a fazer e a vender ursinhos, no valor de 5 euros. “As encomendas não param de chegar porque os ursos são muito bonitos. Já fizemos uns 50, aqui em Anadia, mas continuamos a receber encomendas até conseguir as verbas necessárias para comprar aquelas ajudas técnicas de que a Ritinha tanto precisa”, admite.
Refira-se ainda que em alguns espaços comerciais encontram-se também mealheiros para a recolha de donativos: Escola Técnico Profissional de Cantanhede; Pronto a vestir Valdagua, em Ançã; Mini Preço de Febres; Farmácia Neves de Ançã; Escola Secundaria de Anadia; Clínica Médica Dentária de Anadia; Padaria Cruzeiro em Chipar de Cima (Vilarinho do Bairro), entre outros pontos comerciais de Febres.
Está igualmente a decorrer uma venda de rifas, cujo sorteio será no dia 19 de janeiro (Dia do almoço solidário) e dia do aniversário da Ritinha que completa dois anos de vida. O almoço solidário será no restaurante Verdadeiro Pingão em Ançã, com animação musical. Com entradas, sopa, prato de carne, sobremesas, bolo de aniversário, bebidas e café, o valor é de 12,50 euros.
Todas as ajudas podem ser encaminhadas para o NIB: 0045 3024 40261512843 60; IBAN: PT50 0045 3024 40261512843 60.
Para mais informações contactar 91 7454385/ 910020468 ou 910156220. https://www.facebook.com/juntospelaritinha
CC