O município de Anadia foi reconduzido na presidência da direção da Rota da Bairrada.
Teresa Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Anadia, tomou posse como presidente da direção da Rota da Bairrada, no passado dia 14 de janeiro, juntamente com os restantes elementos que integram os órgãos sociais daquela associação, para o triénio 2014-2016.
O evento teve lugar na sede da Rota da Bairrada, no Largo da Estação da Curia e contou com a presença de várias entidades e agentes associadas.

Conjugar energias. Na ocasião, a autarca de Anadia destacou a importância deste espaço, que “acolhe todos os associados e aqueles que querem dar vida a esta casa com as suas ideias e sugestões”, mas também o facto de “neste início de mandato, para muitos autarcas, se iniciar um ciclo, que pode também ser extensível à Associação”, na medida em que podem ser desenvolvidos projetos diferentes e concretizadas novas ideias que valorizem a região “que é de todos e que todos queremos dignificar e colocar no mapa”, salientou.
Por isso, destacou que todos os associados devem “dar corpo e contribuir para este projeto que, só com a conjugação de energias, será possível implementar, valorizando a região, a vitivinicultura e o turismo local”.
Teresa Cardoso não deixou de frisar que só na união será possível fazer uma promoção turística e da vinicultura da região, criando uma imagem apelativa aos turistas e visitantes.

Promoção da Bairrada no país. Na ocasião, o vice-presidente da autarquia de Anadia, Jorge Sampaio, que irá representar a Câmara Municipal de Anadia na presidência da Rota da Bairrada, avançou que, até final deste mês, o Plano de Atividades da Rota da Bairrada para 2014 será publicamente apresentado, sendo certo que será um “ano de mudança”.
Ao JB, aquele responsável salientou que será um ano “vocacionado para sair da região, para promover a Bairrada no país, assim como será igualmente desenhado um novo modelo de gestão financeira e um novo modelo de sustentabilidade para a Rota.”
Jorge Sampaio falou ainda da necessidade de abrir a Rota da Bairrada a novos associados, mais pequenos e que, até agora, não podiam estar integrados nesta associação.
“São agentes de pequena dimensão, sem estrutura e dimensão para o enoturismo, mas que podem ter aqui uma sala de visitas para receber os seus clientes e, consequentemente, trazer à Bairrada mais turistas”, explicou, referindo-se ainda à marca “Rotas dos Vinhos de Portugal” da qual a Rota da Bairrada faz parte, uma associação nacional que vai ser apresentada este ano e que se destina essencialmente à promoção externa, envolvendo o Turismo de Portugal.
Refira-se ainda que a Rota da Bairrada foi criada em 2006. É uma associação de caráter regional, sem fins lucrativos, com o objetivo de dinamizar, promover e valorizar a atividade vitivinícola da Bairrada, e atividades afins, enquanto produtos turísticos e culturais da região.

Novos Corpos Sociais para o triénio 2014/16
Direção: Município de Anadia (Presidência); Adega do Fidalgo; Hotel Paraíso; Município da Mealhada; Quinta do Ortigão; Comissão Vitivinícola da Região da Bairrada; Caves São João.
Conselho Fiscal: Município de Águeda (Presidência); Quinta de Baixo; Pedro dos Leitões.
Assembleia Geral: Município de Vagos (Presidência); Hotel Cabecinho; e Adega Cooperativa de Cantanhede.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt