A primeira presidente de Câmara eleita no país pós-abril, Odete Isabel, ladeada pela atual presidente da assembleia municipal, Daniela Esteves, numa cerimónia onde os partidos políticos eleitos para aquele órgão indigitaram mulheres para os discursos oficiais evocativos da data, vincaram o papel da mulher nas comemorações do 40.º aniversário da revolução dos cravos.
Se o papel ativo da mulher na vida política (e não só) ficou vincado nesta sessão evocativa de uma revolução que acabaria por abrir os horizontes à sua participação nestas lides, os 40 anos do 25 de abril na Mealhada atraíram antigos e atuais autarcas e, muito especialmente, crianças e jovens, que receberam os convidados cantando, no átrio dos Paços do Concelho, músicas emblemáticas do período da revolução, em especial os poemas de intervenção cantados por Zeca Afonso.

João Paulo Teles

Leia mais na edição impressa ou digital.