A vila do Luso vai estar em festa durante os meses de verão. O programa de animação cultural arrancou na sexta-feira, dia 5 de julho, mas muito mais está programado até ao final de setembro.
São três meses preenchidos com as mais diversas atividades, que vão da música à dança, do teatro a espetáculos de rua, até ao já habitual Chá dançante e Arraial Popular. A entrada é livre em todos os espetáculos.
O programa é organizado pela Câmara Municipal da Mealhada, com o apoio da Junta de Freguesia do Luso, Sociedade de Água de Luso e Fundação Mata do Bussaco e com produção a cargo da empresa “Dias do Avesso”.
“Uma viagem no tempo até aos anos 30”. Este é o mote para a programação animação cultural deste verão. Pretende-se com esta iniciativa fazer um passeio pela história dos momentos marcantes da cultura da época em diversas áreas.
Da música ao cinema, passando pelas descobertas e inovações e pelas personagens imortalizadas, (re)descobrindo algumas curiosidades da gastronomia, do teatro e até da política de então.
Concertos, cinema ao ar livre, teatro de rua, fado, workshops, oficinas experimentais, feiras temáticas, animação de rua, desporto e os já tradicionais Arraial Popular e Chá Dançante são apenas alguns dos exemplos das muitas e diversas atividades que a programação Luso 3050 tem para oferecer durante o verão de 2014.

Cinema ao ar livre

O cinema ao ar livre conta com a exibição de variadas películas. A 9 de agosto, terá lugar uma sessão muito especial com a exibição do primeiro filme de Manoel de Oliveira, de 1931, “Douro, Faina Fluvial”– curta-metragem muda, musicada ao vivo por uma orquestra conduzida por Dinis Rego, compositor que estreará a peça nessa noite. Nesta mesma sessão, poderá ainda assistir a “Tempos Modernos”, de Charlie Chaplin.
Do programa, faz também parte o teatro de rua, com a participação de companhias profissionais que habitualmente circulam pelas principais salas do país.

Música e workshops de teatro e dança

A música será de estilos bem distintos. Começando com o acordeão de João Gentil, passando pelo Rock´N´Roll de uma das emergentes bandas de Coimbra, os Casket Kings, seguido dos frenéticos Mimos Dixie Band, que marcam também presença no cartaz. Dos blues envolventes dos Nobody´s Bizness à música popular, dos mais tradicionais às reinvenções mais modernas de Sabão Macaco e Roncos do Diabo, todos subirão ao palco da vila termal. O fado de Coimbra e de Lisboa em formato clássico é também presença garantida no certame.
Workshops de teatro e dança são igualmente uma aposta neste ano. De 21 a 25 de julho, decorre a Iniciação ao Teatro com a orientação da atriz Paula Rios. Em agosto, aprende-se Danças de Salão e em setembro a Dança Contemporânea com a bailarina Leonor Barata. Setembro reserva ainda tempo para mais um workshop de teatro com o ator e encenador Ricardo Correia.