Mais de 400 escuteiros de todo o país vão marcar presença na atividade Mercado Internacional que vai decorrer no próximo fim de semana, 8 e 9 de novembro, na Mealhada.
O Mercado Internacional é uma atividade de referência do Corpo Nacional de Escutas (CNE) que vai já na sua sétima edição. Este ano a iniciativa decorre na localidade da Mealhada, Escola Profissional Vasconcellos Lebre.
A atividade, de cariz anual, funciona como um verdadeiro mercado, onde associações escutistas e não escutistas mostram não só o trabalho que têm vindo a desenvolver mas também as oportunidades que têm para oferecer aos participantes além-fronteiras.
O programa conta ainda com a realização de diversas atividades, como jogos e ateliês para todos os visitantes.
“Esta oportunidade oferece a possibilidade de sensibilizar para a importância desta dimensão no quotidiano dos nossos escuteiros, na riqueza que traz e nos conhecimentos, competências e atitudes que permite desenvolver em cada participante”, explica Joaquim Freitas, Secretário Internacional do CNE.
Este ano o Mercado Internacional é particularmente dirigido para jovens os 11-22 anos e dirigentes. A iniciativa pretende promover no CNE uma consciência global, alertar para a existência de outras associações escutistas e estimular a multiculturalidade através da abertura das mentalidades para outras realidades culturais.