Que destino dar às escolas do 1.º ciclo do ensino básico desativadas pela abertura nos novos Centros Escolares? Esta foi uma das questões que o vereador do PSD, José Manuel Ribeiro, colocou na última reunião de câmara, realizada no passado dia 28 de janeiro.
De facto, com a abertura de novos e modernos Centros Escolares, são várias as escolas do 1.º ciclo do ensino básico que estão a ser desativadas. Assim aconteceu com a abertura do Centro Escolar de Arcos, depois com a abertura do Centro Escolar de Paredes do Bairro e mais recentemente com a abertura do Centro Escolar de Avelãs de Cima/Avelãs de Caminho.
O vereador, sublinhando que no passado este tipo de equipamentos tem sido cedido a associações e coletividades, questionou agora a edil Teresa Cardoso sobre o destino que a presidente se propõe dar àqueles espaços: se irá manter essa cedência, ou alugar, ou se tem outras soluções.
Recorde-se que em breve estarão também nesta situação as escolas do 1.º CEB da freguesia de Sangalhos (Fogueira, Pista, Cruzeiro), já que a abertura do novo Centro Escolar de Sangalhos está prevista para o dia 19 de fevereiro, logo a seguir à interrupção para as mini-férias do Carnaval.
Na ocasião, a edil Teresa Cardoso avançou que o assunto está em análise nomeadamente com os presidentes de Junta de Freguesia e que, quando for oportuno, o tema virá a uma reunião de executivo.

CC