A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro aprovou, na penúltima feira, por unanimidade, a atribuição de 99.534 euros de subsídios às camadas jovens, prosseguindo “a determinação num apoio mais forte à formação iniciado em 2004”, segundo Mário João Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro.
Mário João Oliveira recordou que em 2004 os apoios às associações cifravam-se em 27.330 euros e, passado 11 anos , ascendem a quase 100 mil euros, apoiando mais de 1200 atletas.
O autarca deu ainda conta que “este ano foi introduzida uma majoração nos apoios, que terá em atenção o número de treinos e o mérito dos atletas, evidenciado através do número de provas ganhas”. “Esta valoração vai ser mais visível no atletismo, nomeadamente na ADERCUS e na ADREP”, acrescentou.
Relativamente ao pagamento, Mário João Oliveira adiantou que a primeira tranche deverá ser paga num prazo de um mês.
Já António Mota, vereador, disse não ter dúvidas que “a formação no concelho passou a ser muito especializada, o que se deveu ao investimento da Câmara Municipal”. “O pontapé na bola ou uma simples corrida acabou. Temos aqui uma formação que vai dar grandes atletas olímpicos, já que a formação não pode ser vista só por formação, mas formação com grande nível de especialização”.
O vereador do desporto, Cristóvão Batista, reforçou que “este ano houve uma análise criteriosa às camadas jovens”, sublinhando que “se trata do maior valor de sempre que entregamos”.
Cristóvão Batista esclareceu que “a majoração foi atribuída a duas coletividades, ADERCUS e ADREP, atendendo à boa época desportiva e ao alto nome que tem levado por este país fora”.

Subsídios
ADREP: 23.234,20 euros
Frei Gil Voleibol: 23.086,70 euros
OBSC: 17.853,06 euros
G. D. Águas Boas: 9.883,01 euros
ADERCUS: 9.801,00 euros
A. D. Oiã: 5.732,44 euros
Atómicos Sport Clube: 5.506,15 euros
APECOB: 2.754,15 euros
U. D. Silveiro: 744,98 euros
A. P. Wing Chun: 583,73 euros
A. D. Vilaverdense: 354,75 euros
Total 99.534,16 euros