A PJ de Aveiro deteve um homem de 42 anos, pasteleiro, residente no concelho de Oliveira do Bairro, presumível autor do crime de abuso sexual de crianças, de que foi vítima uma jovem com 13 anos.
Segundo fonte policial, o suspeito conheceu a menor, inicialmente através do filho e num segundo momento, encetou conversações através do Facebook, onde a terá seduzido com conversas e com a oferta de dinheiro e de um telemóvel.
O caso acabaria por ser comunicado à PJ, que deteve o pasteleiro e apreendeu o telemóvel que foi utilizado. O indivíduo, logo após a detença, eliminou a conta que possuía no Facebook. Contudo, este simples gesto não apaga o rasto que o arguido terá deixado na rede social, o que poderá levar o Ministério Público a solicitar ao Facebook todos os dados referentes às conversações que este manteve com a menor.
Ao indivíduo, que foi presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de permanência na habitação com pulseira eletrónica.