O plantel do Vitória de Guimarães, que estagiou no Luso de 6 a 11 de julho, ficou satisfeito com as condições que encontrou para trabalhar a pré-epoca do campeonato de futebol. A comitiva não poupou elogios, a começar pelo presidente do clube, Júlio Mendes, que na receção oficial na Câmara da Mealhada, admitiu um regresso em futuros estágios.
A comitiva, que para além de estagiar no Luso e de ter participado e vendido o Troféu Cidade da Mealhada, aproveitou para fazer visitas pelo concelho, entre elas às Caves Messias, foi recebida na quinta-feira, pelo presidente Rui Marqueiro, que não escondeu a alegria de ver o salão nobre cheio de estrelas do futebol. “Nunca esta sala teve tanto talento, tantos virtuosos do desporto rei. É uma honra e quero agradecer-vos terem escolhido o Luso para o vosso estágio”, afirmou, deixando votos de felicidades ao clube para que consiga, em especial, chegar à fase de grupos da Liga Europa.
Em resposta, o presidente do Vitória SC, deixou vários elogios. “Temos todas as condições que precisamos e encontrámos pessoas simpáticas e acolhedoras. Tudo me leva a crer que vamos continuar a trabalhar aqui convosco”, destacou.
Rui Marqueiro foi brindado com uma camisola autografada por todo o plantel, entre outras lembranças alusivas ao clube, e retribuiu com lembranças da autarquia, entre elas o famoso e premiado vinho 4 Maravilhas.
No final, em declarações ao JB, Júlio Mendes reiterou os elogios e em jeito de balaço disse levar para Guimarães a memória de “excelentes condições, uma hospitalidade singular… o que é muito importante. “Como já tenho dito, não somos um clube de expressão nacional mas queremos ser vistos de forma simpática por todos e isto para nos é muito importante”. Em conclusão, o presidente do Guimarães sublinhou que “foi uma experiência positiva e que com certeza nos levará a voltar”.
João Paulo Teles

Leia a notícia completa na edição de 16 de julho 2015 do JB