Chama-se “A Uma Hora Incerta” o filme que incluiu o Luso e o Buçaco nas suas gravações e que terá estreia nacional a 15 de outubro. Entretanto, a apresentação pública da película vai acontecer no próximo dia 12, tendo sido convidada uma representação da Câmara da Mealhada para assistir ao ato. Logo depois da estreia nacional, o filme rodará também no Cine Teatro Municipal Messias, estando a autarquia a agendar essa mesma exibição.

“A Uma Hora Incerta” leva-nos ao Portugal salazarista, onde dois refugiados franceses, Boris e Laura, são presos. O inspetor Vargas, sentindo-se atraído pela jovem mulher, decide escondê-los em sua casa: um hotel vazio onde vive com a filha, Ilda, e a mulher, gravemente doente. Ilda descobre a presença dos refugiados e, consumida pelo ciúme, tenta fazê-los desaparecer a todo o custo. Explica a sinopse deste filme que faz parte da seleção oficial do Viennale – Festival Internacional de Cinema de Viena.
Produzido por Paulo Branco e Leopardo Filmes, com o apoio da Câmara Municipal da Mealhada, RTP e ICA, esta longa-metragem tem argumento e realização de Carlos Saboga, contando com os atores Joana Ribeiro, Paulo Pires, Judith Davis, Grégorie Leprince-Ringuet, Filipa Areosa, Pedro Lima, Ana Padrão, Joana de Verona, João Paulo Santos e Pedro Crawford.
João Paulo Teles