fado_coimbra
Anadia vai dedicar a noite da próxima sexta-feira, 9 de setembro, à música de Coimbra, com a atuação do grupo Fado ao Centro e da Real Fortuna Académica de Coimbra, na Praça da Juventude, a partir das 22h, no âmbito do projeto “Às Sextas na Praça”, promovido pela Câmara Municipal de Anadia.
É a terceira vez que “Às Sextas na Praça” proporciona a Anadia uma serenata pelo prestigiado grupo Fado ao Centro, do Centro Cultural – Casa de Fado de Coimbra / Associação Cultural e Artística do Centro, cuja sede, no mítico Quebra Costas, em Coimbra, foi distinguida pelo jornal britânico “The Guardian” como um dos 15 locais de visita obrigatória em Portugal.
Com uma atividade intensa, o grupo mantém digressões no país e no estrangeiro: em 2016, dos muitos espetáculos realizados pelo país fora, destaque para o que teve lotação esgotada na Casa da Música, no Porto, e, além-fronteiras, para as atuações, sempre com casa cheia, em diversas cidades europeias (Bélgica, Holanda, Alemanha, Espanha, França, Suíça e Áustria) e em Moçambique.
A noite ficará completa com a atuação da Real Fortuna Académica de Coimbra, uma “tuna de Coimbra que se motiva e se move pela Academia de Coimbra… não tendo outra cor senão o preto das suas capas e outra música senão a canção Coimbrã dos seus corações”.

Leque de espetáculos gratuitos. Esta noite “de Coimbra” acontece no âmbito de “Às Sextas na Praça”, um ciclo de espetáculos gratuitos, representativos dos mais diversos géneros artísticos, concebido e organizado pela Câmara Municipal de Anadia, e que vem decorrendo na sede do concelho, na Praça da Juventude, ao ar livre, nas noites de sexta-feira.
Desde maio, já por ali passaram o fado de Laços a Coimbra e de Sara Helena, a música popular de InCantus, os originais e as covers dos Ecos d’Adega, o hard rock da Hard Cover Band, o jazz do Essence Trio (do Jazz ao Centro Clube) e de Jurgen Bonsai Jazz, o teatro de O Baluarte, a música dos jovens que disputaram a final do concurso “Anadia’s Junior Talents”, o concerto “Recordar Carlos Paião”, pela Orquestra Filarmonia das Beiras, e, ainda, a música de Tríade, da Orquestra Desigual da Bairrada, dos Kurt&ceiros, The Youngsters & an Old Guy, Two Pirates and a Dead Ship, The Darwins, e os “Meninos da Sacristia” com a participação especial de José Cid e de Gonçalo Tavares.
Na noite de 16 de setembro atuará o Coral Quecofónico do Cifrão, cabendo aos Magicar, na sexta-feira seguinte, encerrar a edição deste ano de “Às Sextas na Praça”.