A Extensão de Saúde de Vacariça não será encerrada e muito em breve funcionará diariamente. A promessa terá sido feita pelo diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Baixo Mondego, depois de um encontro com populares na Administração Regional de Saúde, em Coimbra, no passado dia 23.
Este encontro surgiu depois de uma manifestação, no dia 20, que contou com mais de meia centena de utentes daquela extensão de saúde, num protesto junto às instalações do Centro de Saúde da Mealhada.
As queixas dos utentes sobre aquele serviço instalado na Casa do Povo da Vacariça, prendem-se com o facto de só funcionar três dias por semana (segundas, quartas e sextas-feiras), obrigando a população nos restantes dias a procurar consulta nas freguesias vizinhas de Pampilhosa e Mealhada.
A população, que fez sentir este desagrado perante os serviços locais e regionais de saúde, exige que a situação volte à estabilidade, recebendo, segundo apurámos, a promessa do diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Mondego de que o serviço não encerrará na freguesia e que em breve terá horário completo.

Leia a reportagem completa na edição de 29 de março 2018 do JB

João Paulo Teles