O Orçamento, as Grandes Opções do Plano e o Mapa de Pessoal para 2019 foram aprovados na noite da passada segunda-feira, depois de quase três horas de discussão, na segunda reunião da última sessão da Assembleia Municipal de Oliveira do Bairro.

Os votos da maioria CDS e dos presidentes de Junta (12) foram suficientes para aprovar os documentos previsionais da autarquia, no valor total de quase 19 milhões de euros, com o PSD a manter o voto contra (7), já demonstrado em sede do Executivo, e o UPOB, que na Câmara votou ao lado da maioria, optou agora pela abstenção (5), no órgão fiscalizador.

Conheça os argumentos da sessão na edição impressa desta semana, assim como outros assuntos que estiveram em discussão nas duas reuniões da última sessão deste órgão municipal.