O Carnaval de Oiã, que nos últimos anos encheu as ruas da freguesia, ficou no estaleiro este ano, depois de uma série de episódios em torno da organização do evento. Esta já longa novela começou a subir de tom em abril passado quando um grupo de oianenses se dispôs a trilhar novos caminhos para a Associação do Carnaval de Oiã (ACO), perante a ausência de eleições e de prestação de contas, não conseguindo, no entanto, avançar com a candidatura por não serem reconhecidos como sócios.

O assunto arrastou-se ao longo de 2018, com contactos entre os dirigentes atuais e aquele grupo, sem sortir conclusões. Entretanto, chegou a estar marcada para 28 de dezembro uma assembleia-geral, que acabou por não conhecer nenhuma lista e nem sequer se realizou.

Leia os depoimentos de várias figuras ligadas à história do Carnaval de Oiã e de autarcas, na edição de 14 de março do Jornal da Bairrada.