Está confirmada a  extinção do Juízo de Instrução Criminal (JIC) de Águeda, segundo aponta o Decreto-lei n.º 38/2019 publicado na passada segunda-feira no Diário da República.

Aquela é a grande alteração para a região no que diz respeito ao novo mapa judiciário, que mantém o Juízo de Família e Menores de Oliveira do Bairro e o Juízo de Comércio de Aveiro (“instalado provisoriamente em Anadia”), para além dos Juízos de Competência genérica em todos os municípios bairradinos.

O JIC da Comarca de Aveiro, dotado de dois juízes, vai passar a abranger os municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Mealhada, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.

O Decreto-lei n.º 38/2019 determina que Anadia continua a ser a sede,  provisória, do Juízo de Comércio de Aveiro, servindo os municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Mealhada, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.

A manter será também o Juízo de Família e Menores de Oliveira do Bairro, exclusivamente para os municípios de Águeda, Anadia, Mealhada e Oliveira do Bairro.

Leia mais na edição de 21 de março do Jornal da Bairrada.