Vai já na 5.ª edição e não pára de surpreender. A Feira Histórica e Tradicional de Vilarinho do Bairro, que começa amanhã, dia 26 de julho, promete voltar a fazer as delícias dos visitantes com um programa tão ambicioso, quanto diversificado.
Este ano, o evento, que está de regresso ao Largo da Igreja, integrará dois banquetes medievais, um workshop sobre alimentação e saúde na Idade Média, uma teatralização sobre Fernão Mendes Pinto, combates e torneios de armas, entre muitos outros momentos de animação.
Assim, adivinham-se três dias (26, 27 e 28 de julho) em que toda uma freguesia vai mergulhar numa viagem no tempo. Um regresso à Idade Média, ao tempo da corte do Infante Dom Pedro, através de uma recriação histórica que se aguarda muito participada. Isso mesmo nos foi avançado pelo autarca Dinis Torres que se mostra bastante agradado com a união e empenho das gentes da freguesia em torno deste evento que já ultrapassou as fronteiras do concelho, recebendo, de ano para ano, visitantes provenientes de vários pontos da região e do país.
Por outro lado, diz o autarca “é uma feira que veio colmatar uma lacuna cultural que existia na freguesia, dinamizando as associações – que aqui têm um importante meio de angariar fundos para as atividades que realizam – , mas também promovendo o convívio, o lazer e a aproximação das pessoas”.
Como promotora da feira, a Junta de Freguesia volta a colocar a fasquia num patamar bem alto, aguardando a passagem de alguns milhares visitantes, ao longo deste fim de semana.
Ciente de que começa a ser difícil crescer mais, “não só pela limitação do espaço mas também por toda a logística que envolve”, a verdade é que o público tem aumentado todos os anos, dando um alento à organização e às associações que durante estes dias têm um papel determinante para o sucesso do evento.
 
Intenso
fim de semana
Entre sexta-feira e domingo, o Largo da Igreja, será então palco desta Feira Histórica e Tradicional. 
“Este ano, o programa é vasto. Vamos ter dois banquetes medievais, um no sábado e outro no domingo (20h), com lugares reservados. As inscrições devem ser feitas na véspera (Junta de Freguesia) e vir trajadas à época. O grupo Bombarda, que vai estar responsável pela animação da feira, vai aqui também ter um momento de interação com os participantes no banquete”.
O espírito será efetivamente reviver a época medieval, mas haverá também, durante estes três dias, a presença de grupos do concelho. São os casos do Grupo de Bombos “Bate Forte” que fará arruadas pela feira, grupo de gaiteiros “Pé de Cêpa”, estando também prevista a atuação das marchas populares de Vilarinho do Bairro, Samel e de São Lourenço do Bairro, na noite de sexta-feira e dos ranchos folclóricos de Vilarinho do Bairro e de Paredes do Bairro, na tarde de domingo.
Pela primeira vez, o programa integra um workshop sobre “alimentação e saúde na Idade Média” que terá lugar pelas 16h, de sábado, no edifício da Junta de Freguesia. Uma outra novidade prende-se com a existência de um insuflável, em forma de castelo, onde os mais pequeninos poderão passar agradáveis momentos.
 
Ler mais na edição impressa ou digital