A Curia foi o local escolhido para a realização  do Encontro Nacional de Cineclubes. A iniciativa, que vai já na 24.ª edição, é realizada pela Federação Portuguesa de Cineclubes, em parceria com o Cineclube da Bairrada / Clube de Ancas, e realiza-se nos próximos dias 8, 9 e 10 de novembro.
Focos temáticos
O Encontro realiza-se no Hotel das Termas da Curia, no concelho de Anadia, coração da Bairrada. É uma co-organização com o Cineclube da Bairrada, que conta com o apoio do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), do Município e do Hotel.
Esta 24.ª edição terá como focos temáticos centrais os desafios da exibição não comercial e o desenvolvimento crítico da cinefilia no seio dos cineclubes. De que forma os cineclubes contribuem e são afetados por estes dois vetores? Até que ponto deveriam os cineclubes beneficiar de um tratamento diferenciado face aos demais exibidores no acesso à filmografia?
Assim, este será um espaço onde os cineclubes nacionais podem ter um contacto direto com os seus pares, promovendo e divulgando as atividades e sessões regulares de exibição.
Para além de ser um evento que traça o estado da arte cineclubista a nível nacional é um espaço de formação, discussão e exibição da sétima arte. 
Pensar e intervir
no cinema português
Ao longo da história, os Encontros Nacionais de Cineclubes têm sido momentos cruciais para o movimento cineclubista e um espaço privilegiado para pensar e intervir no cinema português. Sendo inclusivos e abrangentes, os Encontros têm sido marcados marcados pela diversidade de debates e de participantes, tentando reunir o maior números de representantes e de sensibilidades.
O primeiro Encontro Nacional de Cineclubes realizou-se em 1955, em plena ditadura, e num momento particularmente sensível em que o Estado Novo, através da PIDE e do SNI, procurava silenciar um movimento cada vez mais inconformado com a política cultural do regime. O incómodo acentuou-se até à proibição do que seria o quinto Encontro, previsto para 1959, seguido de outras formas de repressão, como o encerramento ilegal de vários cineclubes e de prisões de vários dirigentes cineclubistas.
Adicionalmente realiza-se, no seio deste Encontro, a Assembleia Internacional da Federação Internacional de Cineclubes. Este evento não se realizava em Portugal há mais de 18 anos.