No próximo dia 7 de dezembro, sábado, às 21h30, a Igreja Paroquial de Ourentã, que tem por orago Nossa Senhora da Conceição – Padroeira de Portugal, vai acolher o Concerto Mariano que o Grupo Vocal Ançãble irá proporcionar. O concerto assinala o início da vasta programação natalícia preparada para celebrar festivamente esta relevante quadra.

O Grupo Vocal Ançãble, constituído por uma família de Ançã (de onde retira o nome) e dedicado sobretudo à Música Sacra Portuguesa, tem-se apresentado em público com uma frequência regular em Portugal, registando também intervenções no estrangeiro, sobretudo em Itália, mas também Espanha e Brasil. Entre os seus regulares encontros com o público, iniciativas, o mais das vezes, de paróquias e autarquias, é de referir uma série de concertos temáticos – acompanhados por vezes das respetivas comunicações científicas – em congressos internacionais e outros eventos académicos. Destaca-se na já longa história do Grupo Vocal Ançãble a atividade desenvolvida em colaboração com o Instituto Português de S. António em Roma, onde, a partir de 1995, apresentou, em primeira audição contemporânea, um número conspícuo de composições inéditas, recolhidas e transcritas pelo seu diretor artístico em arquivos musicais de especial relevo para a música portuguesa. Foi sobretudo graças a esse mecenato que o Ançãble pôde contar, entre outras publicações discográficas saídas de participação em congressos científicos (Damião de Góis, Coimbra, 2002, Retórica e Teatro, Porto, 2010), com o registo e publicação sistemáticos do seu labor musical.

São de destacar também a participação no Congresso Internacional “O Órgão e a Liturgia hoje”, Santuário de Fátima 2003, o concerto integrado no Festival de Órgão Ibérico de 2010, da Misericórdia de Guimarães, gravado e transmitido em Setembro de 2011 pela Antena 2 da RDP, em que apresentou em primeira audição moderna motetos de Manuel Martins Serrano (séc. XVII-XVIII), mestre de capela da Sé de Portalegre, o concerto para a Semana Nacional de Pastoral Litúrgica em 2011, os concertos de abertura em já 3 Semanas Gregorianas e o concerto integrado no Ciclo Comemorativo do Centenário das Aparições de Fátima, em Setembro de 2017, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

Programa

Frei Manuel Cardoso (ca. 1566-1650) Cum audisset Joanes (Moteto de Advento (3’)

  1. Pedro de Cristo (†1618) Dixit Dominus (5’)

Frei José de Santana (1696-1759) Alma Redemptoris Mater (3’)

Domenico Bartolucci (1917-2013) Ave Maria (4’)

Manuel Faria (1916-1983) Ó Virgem Formosa (3’)

Paulo Bernardino Hino da Imaculada (7’30)

José Carlos de Miranda (Arr.) Salve, nobre Padroeira (3’)

Manuel Faria (1916-1983) Hino da Coroação da Rainha de Portugal (5’50)