Quarenta e nove pessoas carenciadas do Concelho de Oliveira do Bairro vão ter um cartão que lhes vai permitir ter acesso, de forma 100% gratuita, a medicamentos sujeitos a receita médica e comparticipados pelo SNS – Sistema Nacional de Saúde, em farmácias aderentes.
 
Esta medida será implementada no âmbito do protocolo de colaboração assinado entre o Município de Oliveira do Bairro e a Associação Dignitude, na passada sexta- feira, dia 20 de dezembro, relativo ao “Programa Abem – Rede Solidária do Medicamento”.
 
O Município, único em todo o Distrito de Aveiro que aderiu ao programa, vai investir 4.900 euros, garantindo assim que os munícipes referenciados possam aceder ao cartão, que não terá qualquer limite de plafond.
 
Duarte Novo, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, congratulou-se com a assinatura do protocolo, garantindo que “Oliveira do Bairro é um Município solidário”, elogiando a forma como o trabalho na área da ação social “tem sido construído de forma participada e estratégica com todas as entidades que podem contribuir para a melhoria de vida dos nossos munícipes mais carenciados e vulneráveis”.
 
Sobre o assunto, a vereadora da Ação Social, Lília Ana Águas, refere que este “é mais um projeto que vem integrar um conjunto de medidas que o Município tem conseguido implementar, em parceria com outras entidades, não só do Concelho mas também de âmbito regional e nacional, de forma a encontrarmos respostas que minimizem situações de carência e vulnerabilidade dos nossos munícipes”.