O Hospital Misericórdia da Mealhada (HMM), em funcionamento há 13 anos, fez ontem, dia 5 de fevereiro, o primeiro parto. Quer a mãe, quer a bebé – uma menina com 3.400 kgs – estão bem de saúde.

A paciente, de 35 anos, deu entrada no Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do HMM, em trabalho de parto, cerca das 10h30 de quarta-feira. A utente foi rapidamente socorrida pela equipa que se encontrava ao serviço, tendo o parto sido realizado pelo médico Henrique Palma e pelo enfermeiro Nuno Mendonça.

“A utente foi imediatamente chamada, dado que as queixas de dor eram muito insistentes e, de facto, verificámos que já se encontrava em trabalho de parto”, conta Henrique Palma, acrescentando que “foi um parto muito rápido, durou apenas alguns minutos e correu tudo bem. “Tanto a mãe como a filha saíram do HMM, aparentemente, de boa saúde”, conclui Henrique Palma.

Para o enfermeiro Nuno Mendonça, também foi uma estreia. “Foi uma verdadeira aventura, ninguém estava a contar com isto, mas uma aventura muito feliz”, diz o enfermeiro Nuno Mendonça que, apesar da sua experiência de 18 anos – 15 dos quais em contexto de urgência hospitalar –  nunca tinha feito um parto.

Susana Pedro, Auxiliar de Serviços Gerais no HMM, prestou auxílio ao parto, uma experiência que descreve como “uma grande emoção”, estando longe de imaginar que iria viver algo do género. “Vi cortar o cordão umbilical e foi uma felicidade”, disse ainda, emocionada.