No Dia Mundial dos Oceanos e no ano em que o Município de Cantanhede vai hastear pelo 30.º ano consecutivo o galardão da Bandeira Azul na Praia da Tocha, a edilidade recebeu também o certificado de implementação na Praia da Tocha desta iniciativa “Goby—o que come o peixe?”, que permitiu a Portugal receber o terceiro lugar no concurso de Boas Práticas promovido pela Blue Flag e pela Foundation For Environmental Education, na temática Poluição.


A boa prática nacional distinguida pelo Júri do Concurso foi “Goby—o que come o peixe?”, uma estrutura construída com ferro e redes, implementada nas praias dos Município de Cantanhede, Município de Alcobaça e Município de Tavira, com o objetivo de “ajudar a ter uma praia mais limpa e alertar para o problema da poluição nos oceanos e nas praias”, sobretudo a questão relacionada com os plásticos de utilização única.


Os utentes da praia eram também incentivados a recolher o plástico do areal para “alimentar” o Goby. Estes animais foram criados no âmbito da iniciativa “Caça Plásticos”, do Exploratório-Centro Ciência Viva de Coimbra.


O Peixe Goby foi desenvolvido pela Associação de Moradores da Praia da Tocha, tendo a estrutura sido construída por Paulo Delgado e João Gonçalves, cujo envolvimento foi determinante. Este projeto insere-se no vasto leque de iniciativas promovidas em parceria entre a Associação de Moradores da Praia da Tocha, A Junta de Freguesia da Tocha e o Município de Cantanhede e que engloba muitas outras entidades.

Ler mais na edição impressa ou digital