São sete o número de militares infetados com covid-19 no Destacamento da GNR de Águeda, avança o Jornal de Notícias, que cita fonte oficial que confirmou, na noite de quarta-feira, seis infetados do Posto Territorial de Águeda e um do posto de Arrancada do Vouga, no mesmo concelho.

Segundo o JN, o gabinete de comunicação da GNR explicou que os primeiros dois casos positivos foram confirmados na passada sexta-feira, dia 12, mas os dois militares “já estavam em isolamento desde o dia 9”.

Perante a situação, no domingo foram testados todos os 21 militares que estiveram em contacto com aqueles dois infetados. Destes, mais cinco deram positivos: quatro do posto de Águeda e um de Arrancada, “que interagiram entre si”, diz aquele jornal, citando a GNR, apontando que os cinco foram igualmente colocados em isolamento.

Segundo a GNR, no Posto Territorial de Águeda há seis casos positivos de um total de 52 testados, permanecendo 33 em isolamento. No posto de Arrancada do Vouga, há um positivo entre os 12 testados, estando seis em isolamento.