O Município de Oliveira do Bairro distribuiu um apoio excecional de 59 mil euros pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do Concelho.

O valor aprovado em reunião de Câmara já foi distribuído pela IPSS com respostas diretas de apoio à população idosa, nomeadamente a ABC Bustos, AMPER, Centro Ambiente Para Todos, Centro Social de Oiã, Centro Social Paroquial da Palhaça, Santa Casa da Misericórdia de Oliveira do Bairro, SóBustos, SOLSIL e Recanto da Natureza.

Duarte Novo, Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, justificou este apoio extraordinário com “o atual contexto de pandemia, que veio colocar uma pressão acrescida sobre as IPSS, quer do ponto de vista financeiro, quer dos recursos humanos afetos e disponíveis”.

“Estas instituições precisam de toda a ajuda possível, não só das entidades estatais, mas também da própria sociedade civil, para continuarem a prestar o seu serviço, que é indispensável, de proteção dos nossos seniores, nomeadamente dos que residem nas Estruturas Residenciais para Idosos e dos que são apoiados através do Apolo Domiciliário”, acrescentou o autarca.

De acordo com a autarquia, este apoio tem como objetivo compensar os gastos adicionais que estas entidades têm tido com equipamentos de proteção individual e com pessoal (equipas em espelho, regime de confinamento, turnos mais longos) para proteger um dos grupos mais vulneráveis da população.

Para além desta verba extraordinária, as IPSS serão ainda apoiadas com o subsídio anual de apoio ao movimento associativo local, no âmbito do Regulamento Municipal de Apoio às Associações de Oliveira do Bairro, que em 2019 distribuiu mais de 40 mil euros por estas entidades.